Com dois a mais, Neymar apanha e Barcelona só empata com Málaga

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / LLUIS GENE

Uma hora antes do jogo deste sábado, o Barcelona anunciou que Lionel Messi não jogaria porque passou mal e vomitou. Luis Suárez estava suspenso, então sobrou para Neymar toda responsabilidade de comandar o ataque do time. Ele acabou caçado em campo e não conseguiu decidir. O Málaga jogou recuado, parou o brasileiro com faltas, teve dois jogadores expulsos e segurou o empate por 0 a 0 em pleno Camp Nou lotado. O resultado foi péssimo para o time catalão, que fica com 26 pontos e pode ver o Real Madrid, com 27, disparar na liderança do Campeonato Espanhol, pois ainda jogará neste sábado, contra o Atlético de Madrid.

O Málaga foi para o jogo totalmente recuado, no 5-4-1, com as linhas de cinco defensores e quatro meio-campistas bastante recuadas. Então o Barcelona teve a posse de bola e criou chances de finalização, mas só acertou a pontaria duas vezes, com Piqué e Rafinha. O goleiro Kameni já se destacou e evitou que o placar fosse alterado no 1º tempo.

O Málaga melhorou no 2º tempo e até teve uma grande chance em contra-ataque. Juanpi driblou Ter Stegen, mas chutou para fora. Porém, aos 23min, Llorente fez uma falta em Neymar, e o juiz resolveu expulsá-lo. Com um jogador a mais, a pressão do Barcelona só aumentou, teve bola na trave, reclamações contra o juiz, mas nada mudou o resultado. Nos últimos minutos, Kameni fez duas defesas incríveis e decretou o placar final.

O próximo jogo do Barcelona será contra o Real Sociedad, no dia 27 de novembro, às 17h45 (de Brasília), fora de casa. Já o Málaga receberá o Deportivo La Coruña, um dia antes, às 10h.

Messi passa mal

Uma hora antes do jogo, o Barcelona anunciou que Messi tinha passado mal, vomitado e provavelmente foi afetado por uma virose. Então ele virou desfalque para a partida e, pela primeira vez desde que Suárez estreou pelo time catalão, nenhum dos dois esteve em campo. Ou seja, pela primeira vez, Neymar virou a grande referência no ataque do Barça.

Neymar chama a responsabilidade

No 1º tempo, Neymar tentou buscar o jogo com muita movimentação, mas errou passes e dribles demais. Teve uma chance de gol aos 8min do 1º tempo, mas chutou para fora, sem preocupar o goleiro. Depois do intervalo, ele melhorou muito e passou a tentar jogadas individuais. Em uma delas, quando arrancava no meio-campo, levou um carrinho de Llorente, que levou o cartão vermelho direto. Aos 27min, o brasileiro voltou a brilhar sozinho ao dar um chapéu em um defensor e cortar outro, mas tentou o terceiro drible e perdeu a bola. Nos acréscimos, quase decidiu, mas parou em Kameni.

Quem foi bem: Kameni

No 1º tempo, o goleiro camaronês já tinha se destacado em finalizações de Rafinha e Kameni. Mas foi nos acréscimos do 2º tempo que ele realmente decidiu o jogo. Primeiro defendeu um cabeceio de Neymar, depois bloqueou um chute de André Gomes na área.

Quem foi mal: Alcácer

O substituto de Luis Suárez ficou muito preso na área, recebeu poucas bolas e não conseguiu dar trabalho para os defensores do Málaga. 

Polêmicas e reclamações

No 2º tempo, o Barcelona pediu pênalti em duas jogadas. Arda Turan e Piqué caíram na área, mas o juiz não marcou nada. O zagueiro espanhol também fez um gol polêmico em que o árbitro marcou impedimento.

BARCELONA 0 x 0 MÁLAGA

Local: Estádio Camp Nou
Data: 19/11/2016 (sábado)
Árbitro: De Burgos Bengoetxea
Cartões amarelos: Ricca (MAL), Ontiveros (MAL)
Cartão vermelho: Llorente (MAL) e Juankar (MAL)

BARCELONA
Ter Stegen; Sergi Roberto, Piqué, Mascherano, Digne (Alba); Busquets, Denis (André Gomes), Arda; Rafinha (Rakitic), Alcácer y Neymar
Técnico: Luis Enrique

MÁLAGA
Kameni; Rosales, Torres, Mikel Villanueva, Ricca; Llorente, Pablo, Ontiveros (Muñoz), Juankar, Juanpi y Sandro (En-Nesyri)
Técnico: Juande Ramos

Quer receber notícias de futebol internacional de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos