Zidane culpa "cinco minutos" por derrota e se diz orgulhoso de S. Ramos

Do UOL, em São Paulo

Depois de ver seu time perder pela primeira vez após 40 jogos de invencibilidade, Zinedine Zidane tentou colocar panos quentes nas feridas após o 2 a 1 sofrido diante do Sevilla. Em entrevista coletiva, o técnico do Real Madrid disse que sua equipe foi melhor durante a maior parte do jogo e tentou aliviar a barra de Sergio Ramos, que iniciou a reação dos donos da casa com um gol contra.

"Estou orgulhoso do capitão. Fez uma grande partida, não tem problema. Futebol é assim", resumiu Zidane.

Sergio Ramos foi o personagem do jogo por estar em "guerra" com a torcida do Sevilla, clube que o revelou. Parte dos fãs nunca perdoou o zagueiro por ter ido ao Real Madrid justo no ano do centenário e na última quinta a panela de pressão explodiu, com o capitão merengue provocando o estádio Ramons Sanchez Pizjuan após marcar de pênalti.

Neste domingo, só três dias depois da confusão, ele foi recebido com vaias antes, durante e depois do jogo e ainda fez um gol contra aos 36 minutos do segundo tempo, quando o Real vencia. O vacilo de Sergio Ramos empurrou o Sevilla, que virou com Jovetic e tirou uma invencibilidade dos rivais que já durava 40 partidas.

"É fácil falar da falta, do gol contra e da perda da bola [por parte de Benzema, no lance que originou o segundo gol]. Nós fomos bem em 85 minutos. Não temos de dizer que estamos orgulhosos das 40 partidas, e sim buscar outra dinâmica, outra motivação", disse o treinador do Real.

Quer receber notícias do Real Madrid de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos