Com Neymar apagado, Barça tropeça em Betis após erro de juiz

Do UOL, em São Paulo

O Barcelona bem que tentou, mas não conseguiu emplacar sua sexta vitória seguida na temporada. Neste domingo (29), no Estádio Benito Villamarín, o Betis foi superior aos visitantes, conseguiu anular Messi e Neymar e, por pouco, não saiu com a vitória. Vencendo até os 45min do segundo tempo, os donos da casa vacilaram em um momento na marcação e viram Suárez marcar no final para decretar o empate por 1 a 1.

A equipe comandada por Luis Enrique ainda poderia ter saído com a vitória no jogo, mas o árbitro não viu uma bola cruzando a linha do gol do Betis e deixou de validar o lance que daria os três pontos ao clube catalão.

BETIS COMEÇA MELHOR

REUTERS/Jon Nazca
Sistema de marcação do Betis conseguiu anular Messi no 1º tempo

Ao contrário do que normalmente acontece, a posse de bola do Barcelona não surtiu efeito durante quase toda a etapa inicial de jogo. Bem postado em campo, o Betis marcava em cima, dificultava a saída de bola dos visitantes e dava trabalho ao goleiro Ter Stegen, que teve que fazer uma ótima defesa para salvar o que seria o gol de Ceballos em uma finalização de fora da área.

NEYMAR DESPERDIÇA

Aitor Alcalde/Getty Images
Estafe de Neymar não teme prisão

O Barcelona conseguiu chegar com perigo ao ataque apenas aos 37min do primeiro tempo. Após um contra-ataque puxado por Digne, Messi deixou Neymar cara a cara com Adán. O brasileiro tentou bater colocado no canto esquerdo, mas o goleiro fez uma grande defesa.

BETIS É RECOMPENSADO
 
AFP / CRISTINA QUICLER
Alegría leva os torcedores do Betis ao delírio
 
Assim como em toda etapa inicial, o Betis manteve sua superioridade no segundo tempo. E em três minutos conseguiu acertar o travessão e a trave de Ter Stegen. Aos 25min, Ceballos mandou de fora da área no travessão. Aos 28, foi a vez de Rubén Castro carimbar a trave direita do goleiro após bela jogada individual. O gol estava perto. E chegou. Um minuto depois, Álex Alegría completou para o gol após cobrança de escanteio.
 
JUIZ ATRAPALHA, MAS BARÇA ARRANCA EMPATE
 
 
Atrás do placar, o Barcelona aproveitou a mudança de postura do Betis e se lançou ao ataque. E, por pouco, não virou a partida em dois minutos. Aos 31, a bola até entrou após um corte de Mandi, mas o árbitro não viu a mandou o lance seguir. Um minuto depois, Vidal cruzou, Durmisi desviou e Mandi, desta vez, cortou antes que ela entrasse. Quando a derrota já parecia consumada, Messi, que estava sumido em campo, apareceu com uma assistência, e Suárez empatou. 
 
CADÊ VOCÊ, INIESTA?
 
JOSE JORDAN/AFP
Iniesta está no departamento médico do Barcelona
 
Mais uma vez ficou provada a falta que Iniesta faz ao time comandado por Luis Enrique. Desfalque por conta de uma lesão na panturrilha esquerda, o capitão fez falta ao Barcelona, que sofreu na criação das jogadas. Os titulares Denis Suárez, Rakitic e Arda Turan deixaram a desejar. Na etapa final, o treinador ainda apostou em André Gomes e Sergi Roberto, que pouco contribuíram.
 
CLASSIFICAÇÃO
 
Com o tropeço, o Barcelona chega aos 42 pontos e assume temporariamente o segundo lugar do Campeonato Espanhol. Agora, a equipe catalã está um ponto atrás do Real Madrid, mas que ainda entra em campo neste domingo contra a Real Sociedad. Já o Sevilla, na terceira posição com 42 pontos, visita o Espanyol para retomar seu lugar na tabela. 
 
O Betis segue estacionado no 13º lugar da tabela, com apenas 23 pontos conquistados. Essa foi a terceira partida sem vitória do clube alviverde.
 
FICHA TÉCNICA
BETIS 1 X 1 BARCELONA

Data e hora: 29 de janeiro de 2017, às 9h (de Brasília)
Local: Benito Villamarín
Cartões amarelos: Piqué (Barcelona); Petros (Betis)
Gols: Alegría (Bétis); Luis Suárez (Barcelona)

BETIS: Adán; Mandi, Pezzella e Tosca; Piccini; Rubén Pardo (Donk), Petros (Rafa Navarro), Dani Ceballos e Durmisi; Álex Alegría (Nahuel Leiva) e Rubén Castro. Técnico: Victor Sánchez
 
BARCELONA: Ter Stegen; Aleix Vidal, Piqué, Mathieu e Digne (Sergio Roberto); Denis Suárez (André Gomes), Rakitic e Arda Turan (Jordi Alba); Messi, Luis Suárez e Neymar. Técnico: Luis Enrique.

UOL Cursos Online

Todos os cursos