Reserva até os minutos finais, Iniesta reitera confiança em Luis Enrique

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • David Ramos/Getty Images

    O experiente meia não foi titular neste domingo por opção técnica de Luis Enrique

    O experiente meia não foi titular neste domingo por opção técnica de Luis Enrique

O Barcelona já havia sofrido o empate do Leganés quando Iniesta finalmente entrou em campo aos 34 minutos do segundo tempo, no lugar do criticado e vaiado André Gomes. A vitória suada veio nos minutos finais, com gol de pênalti de Messi, mas a insatisfação da torcida levou Iniesta a defender o técnico Luis Enrique.

"Nós não perdemos confiança em nós mesmos e nem no treinador", garantiu o meio-campista. "Acho que estamos vivendo uma situação que foge à regra. Tenho certeza de que vamos recuperar nossa mentalidade vencedora nos próximos desafios", prosseguiu.

Iniesta não nega os efeitos negativos da goleada por 4 a 0 sofrida diante do Paris Saint-Germain no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. "Sentimos algumas coisas estranhas. Frustração, falta de confiança... É inevitável. E o jeito que o jogo se desenvolveu não nos ajudou", avaliou.

"Nós sabíamos que seria difícil depois do que aconteceu em Paris, é claro que aquele resultado teve sua influência. Não foi fácil voltar a jogar depois daquilo. Somos humanos e essas coisas nos afetam", disse o experiente jogador, por fim.

UOL Cursos Online

Todos os cursos