Luis Enrique também ataca valores do Real: "Sou mais radical do que Piqué"

Do UOL, em São Paulo

A polêmica criada por Gerard Piqué nesta semana tem repercutido demais no Real Madrid e no Barcelona. Neste sábado (01), o técnico do clube catalão, Luis Enrique, deu a entender que nutre profundo ódio pelo clube rival.

"Eu, como sou muito mais radical do que Piqué, é melhor que eu nem me pronuncie", disse o treinador quando questionado sobre a declaração do zagueiro. "Interprete isso da forma como quiser", completou Luis Enrique na última pergunta da entrevista coletiva.

A resposta do técnico vem a endossar Piqué, que na última quarta-feira (29) disse que "jamais trabalharia para o Real Madrid" e foi além, tornando a reprovação algo institucional. "Não gosto dos valores que transmitem. Não gosto de ver na tribuna algumas personalidades e como movem os assuntos deste país."

Não raramente o zagueiro expõe seus sentimentos sobre a rivalidade entre Barcelona e Real Madrid. E Luis Enrique parece ter realmente aprovado o posicionamento de seu comandado. Tanto que sugere até que Piqué seja clonado.

"Não é importante o que eu penso ou deixo de pensar sobre isto. Teríamos que clonar Piqué, porque não há outro como ele. É respeitoso com as opiniões dos demais e se espera o mesmo respeito para com ele. A mim, parece fantástico", exaltou o treinador.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos