Griezmann não descarta jogar no Real, mas vê pouca chance: "Ideia morta"

Do UOL, em São Paulo

O atacante francês Antoine Griezmann, do Atlético de Madri, foi o responsável por empatar o clássico contra o Real em 1 a 1 na tarde deste sábado (08) e, após o jogo, deixou em aberto seu futuro.

Questionado sobre a possibilidade de um dia vir a defender o Real Madrid, Griezmann disse: "Não descarto nada no futuro, mas estou feliz no Atlético". A declaração foi publicada pelo jornal espanhol As. Mais tarde, em outra conversa com a imprensa local, o jogador revelou pouca chance de atuar pelos merengues. 

"Um salto do Atlético para o Real não sei se é possível. Pouquíssimos jogadores fizeram, por isso acho que a ideia está morta", disse. "Quando falamos do Real e do Atlético, não é legal para os torcedores do clube. Continuo meu trabalho, desfruto o futebol e estou feliz no campo, como foi visto hoje". 

Recentemente, o conselheiro esportivo do craque, Eric Olhats, contou ter recebido sondagens de cinco clubes pelo francês, entre eles Real Madrid e Barcelona. "Estamos felizes de receber chamadas, mas estou feliz aqui e de bom humor", reforçou Griezmann. 

Rivais em campo, Real Madrid e Atlético de Madri têm "pacto de amizade" fora dele, o que significa que um evita "roubar" jogador do outro. A transferência, se fosse concretizada, poderia provocar atrito entre as diretorias.

Além de falar de seu futuro, o francês comentou o resultado da partida, muito importante para o Campeonato Espanhol.

Com o empate, o Real pode ficar com a mesma pontuação do Barcelona, que enfrenta o Málaga neste sábado.

"Dedico [o gol] à minha filha, que é seu aniversário. Era uma partida importante para nós. Vi meus companheiros com vontade e confiança. Nos marcaram o primeiro gol de bola parada e nos levantamos. Mesmo faltando um minuto, sempre tentamos ganhar. Tinha que fazer um gol."

UOL Cursos Online

Todos os cursos