Após levar amarelo por amarrar cadarço, Neymar é expulso por agressão

Do UOL, em São Paulo

Neymar foi expulso no jogo deste sábado, contra o Málaga. Primeiro o atacante se envolveu em um acontecimento inusitado, após amarrar o cadarço da chuteira, e recebeu cartão amarelo. Depois, no 2º tempo, agrediu Camacho e viu o cartão vermelho. Fora do jogo, o camisa 11 viu a sua equipe ser derrotada por 2 a 0, fora de casa, pelo Campeonato Espanhol, deixando escapar a chance de ser líder.

O primeiro lance polêmico aconteceu aos 26min de jogo, quando o placar estava 0 a 0. O Málaga tinha uma falta para cobrar na intermediária e, quando Sandro se preparava para cobrá-la, Neymar parou na frente da bola e amarrou o cadarço da chuteira.

O juiz Gil Manzano observou o lance e resolveu dar cartão amarelo para Neymar. Os jogadores do Barcelona, inclusive Lionel Messi, reclamaram da advertência. Depois a falta foi cobrada, mas Sandro mandou a bola para fora, sem perigo algum.

A expulsão aconteceu aos 20min do 2º tempo, quando Neymar foi disputar uma bola perto da linha de fundo e levantou o braço, que foi no rosto de Camacho. O juiz entendeu que foi uma agressão, mostrou o segundo cartão amarelo e o expulsou.

Foi a quinta vez na carreira que Neymar levou cartão vermelho. Foram três vezes pelo Santos, uma pela Seleção Brasileira e agora aconteceu a primeira pelo Barça.

 

 

UOL Cursos Online

Todos os cursos