Rakitic queria bater pênalti, mas Piqué pediu para deixar para Mascherano

Do UOL, em São Paulo

O pênalti que resultou no primeiro gol de Mascherano com a camisa do Barcelona tinha outro dono. O meia Rakitic estava preparado para cobrar, quando recebeu uma orientação do capitão Piqué para deixar a bola com o argentino.

"Eu queria bater, mas o Gerard (Piqué) me disse para deixar para o Mascherano. E você sempre tem que ouvir o que diz o presidente. Tinha razão, porque, além de tudo, todo o estádio queria (que Mascherano batesse)", admitiu Rakitic, em declarações publicadas pelo "Marca".

A comoção em torno do primeiro gol de Mascherano tomou a todos no Camp Nou. Quando Denis Suárez sofreu pênalti, a torcida começou a pedir para que o argentino efetuasse a cobrança. No banco de reservas, Luis Suárez e Iniesta davam risadas da situação.

Na sequência, aconteceu o descrito por Rakitic. O croata entregou a bola para que Mascherano efetuasse a cobrança. Quando o argentino soltou a bomba no meio do gol e balançou as redes, os jogadores correram para abraçá-lo, enquanto os do banco de reservas comemorava o tento.

Depois da partida, o próprio Mascherano havia dito que não tinha vontade de cobrar o pênalti. "Não era algo que me preocupava (não ter feito gols). Mas diante da insistência de todo mundo, foi difícil dizer não. A atitude veio dos meus companheiros".

UOL Cursos Online

Todos os cursos