Suárez brilha na volta de Neymar, Barça vence Espanyol e reassume liderança

Do UOL, em São Paulo

O Barcelona teve um primeiro tempo difícil no clássico local, mas venceu o Espanyol por 3 a 0 no Estádio Cornellà-El Prat em um duelo marcado pela competitividade dos dois vizinhos e pelo boa estratégia da equipe da casa. No entanto, o gol marcado por Suárez aos quatro do segundo tempo após falha da defesa adversária acabou tranquilizando os atletas azul-grená, que fizeram o segundo com Rakitic e o terceiro com o próprio uruguaio.

A partida contou com certa afobação de Neymar, de volta ao time de Luis Enrique após três jogos de suspensão no torneio nacional. Ainda assim, o brasileiro foi mais participativo que Messi, visivelmente apagado pela boa estratégia defensiva do Espanyol. O argentino só impressionou mesmo na jogada para o segundo gol.

David Ramos/Getty Images

O resultado serve aos propósitos do Barça, que vai aos mesmos 81 pontos do líder Real Madrid e assume a ponta. Vale ressaltar que os merengues disputaram um jogo a menos até o momento em função do adiamento da partida contra o Celta de Vigo.

Bobeou, dançou

Tudo ia muito bem na defesa do Espanyol até os quatro minutos do segundo tempo, quando Luis Suárez aproveitou um recuo mal feito por Jurado e saiu na cara de Diego López para abrir o placar no Estádio Cornellà-El Prat.

Uma vez aberta a porteira, ficou um pouco menos difícil. Foi assim que, aos 31, Messi fez fila entre a defesa rival e encontrou Rakitic pela esquerda. O meia croata concluiu de primeira e ampliou a vantagem do Barça. Suárez fechou a conta aos 41.

REUTERS/Albert Gea

Ele voltou

Suspenso nas últimas três rodadas por ter sido expulso contra o Málaga e por ter ironizado o árbitro com aplausos, Neymar finalmente voltou ao time do Barcelona neste sábado. Seu nome foi ouvido com mais frequência que o de Messi, mas por vezes o brasileiro pareceu afobado demais para mostrar liderança.

Consequentemente, tomou decisões erradas nos passes e foi travado em seu principal chute a gol. Conseguiu um bom lançamento para Sergi Roberto tentar de cabeça aos 39. De resto, foi bem marcado pelo sistema defensivo adversário.

Tem que chutar

O Barcelona deve ter irritado seus torcedores no primeiro tempo: muita posse de bola e troca de passes, mas poucas tentativas de finalização. Os internautas reclamaram bastante nesse sentido.

Discutível

Messi levantou a cabeça aos 30 minutos do primeiro tempo e acionou Suárez pelo alto. O uruguaio se atrapalhou e, ao invés de concluir direto para o gol, acabou cruzando para ninguém; no entanto, a arbitragem já marcava seu impedimento. O problema é que a posição do camisa 9 era legal e quem estava à frente mesmo era só o Neymar, que não participou do lance.

O dia que mudou a cidade

Uma coisa os torcedores de Barça e Espanyol tiveram em comum neste sábado, com direito à visão da Chama Olímpica: a comemoração pelos 25 anos dos Jogos Olímpicos de 1992, que tornaram a cidade melhor para os locais e ainda mais atraente para os turistas.

FICHA TÉCNICA
ESPÁNYOL 0 X 3 BARCELONA

Data e hora: 29 de abril de 2017, sábado, às 15h45 (de Brasília)
Local: Estádio Cornellà-El Prat, em Barcelona (Espanha)
Árbitro: Undiano Mallenco
Cartões amarelos: Gerard Moreno, Caricol, Javi Fuego (Espanyol)
Gols: Suárez, aos quatro minutos do segundo tempo e aos 41, e Rakitic aos 31 (Barcelona)

ESPANYOL: Diego López; Javi López, David López, Riego Reyes e Caricol; Javi Fuego (Roca), Victor Sánchez, Jurado e Piatti (Hernán Pérez); Gerard Moreno e Felipe Caicedo (Léo Baptistão)
Técnico: Quique Flores

BARCELONA: Ter Stegen; Sergi Roberto, Piqué, Umtiti e Alba; Busquets, Rakitic e André Gomes (Mascherano); Neymar; Messi e Suárez
Técnico: Luis Enrique

UOL Cursos Online

Todos os cursos