CR7 ultrapassa marca de 400 gols pelo Real e deixa time bem perto do título

Do UOL, em São Paulo

Com dois gols de Cristiano Ronaldo, que chegou a 401 com a camisa do Real Madrid, o time da capital derrotou o Sevilla neste domingo (14), por 4 a 1, no estádio Santiago Bernabéu, pela penúltima rodada do Campeonato Espanhol, e deu um importante passo para conquistar o título da competição.

Nacho, com um gol polêmico de falta, Cristiano Ronaldo, duas vezes, e Kroos anotaram os gols para a equipe da casa. Jovetic descontou para os visitantes, que tiveram inúmeras chances para marcar, sobretudo no primeiro tempo, mas pararam na trave e no goleiro Navas.

Sergio Perez/Reuters
Cristiano Ronaldo comemora o segundo gol do Real Madrid sobre o Sevilla

Com o resultado, o Real continua na segunda colocação na tabela, com os mesmos 87 pontos do Barcelona, que também neste domingo bateu o Las Palmas. Porém, o time da capital tem um jogo a menos em relação ao adversário. A partida atrasada da 21ª rodada contra o Celta, fora de casa, será realizada nesta quarta-feira (17).

Como o Barça só tem mais um duelo para jogar, contra o Eibar, na última rodada, no domingo (21), no Camp Nou, basta um empate e uma vitória (quatro pontos) para que o Real conquiste o título sem depender do rival da Catalunha. No último jogo do campeonato, a equipe de Zinedine Zidane encara o Málaga, também no domingo, fora de casa.

401 ou 402?

Na contagem do Real Madrid, Cristiano Ronaldo chegou a 402 gols com a camisa do clube. Oficialmente, porém, tem 401, pois há na contagem dos 402 um polêmico de 2010 marcado contra a Real Sociedad. Na ocasião, o português cobrou uma falta para o gol, a bola desviou em Pepe e entrou. O árbitro concedeu o gol para o zagueiro. O Real, porém, contabiliza como se fosse do atacante.

Francisco Seco/AP Photo
Cristiano Ronaldo tenta um voleio contra o Sevilla

Máquina de fazer gols

Dentre os 401 gols oficiais pelo Real, 282 foram marcados no Espanhol, 88 em torneios europeus, 22 na Copa do Rei, quatro no Mundial de Clubes, três na Supercopa da Espanha e dois na Supercopa da Europa. Na atual temporada do Campeonato Espanhol, ele já marcou 22. O artilheiro é Lionel Messi (35), do Barcelona.

Gol polêmico

O Real abriu o placar com um gol polêmico de falta. Após uma infração assinalada para o time de Zidane na entrada da área, Nacho aproveitou que os jogadores do Sevilla estavam distraídos e cobrou rápido, no canto do goleiro Rico. Imediatamente, ele saiu para comemorar, enquanto os rivais pareciam não entender o lance. Apesar das reclamações, o árbitro validou o gol.

Cesar Manso/AFP Photo
Nacho comemora o primeiro gol do Real Madrid contra o Sevilla

Foi legal?

O ex-árbitro e atual comentarista da Fox Sports Carlos Eugênio Simon disse que o gol foi legal, mas fez uma ressalva. "Lance atípico. Quem sofre a falta tem o direito de pedir a barreira, mas ninguém parou para pedir. O Nacho vem, a bola está imóvel, ele chuta e a bola entra no gol. O gol é legal. Eu questiono o posicionamento do árbitro, que não fica em frente à bola. Se estava ali, ele provavelmente vai contar os passos para a barreira", disse Simon na transmissão da partida.

Navas e trave

Mesmo fora de casa, o Sevilla não se intimidou e pressionou o adversário. Porém, falhou muito nas finalizações. Só Jovetic acertou a trave duas vezes. E quando a trave não ajudou o Real, lá estava o goleiro Navas, que fez ao menos três grandes defesas no primeiro tempo. Jovetic só foi conseguir passar pelo costarriquenho no início do segundo tempo, com um chute colocado.

Despedida?

O Real Madrid realizou neste domingo o seu último jogo em casa nesta temporada. Esta pode ter sido a última partida do meia James Rodríguez no estádio com a camisa do clube. Segundo a imprensa espanhola, ele já tem um acordo verbal para se transferir para o Manchester United. Titular contra o Sevilla, o colombiano foi substituído no segundo tempo e aplaudiu muito a torcida da equipe, que retribuiu.

Francisco Seco/AP Photo
James Rodríguez tenta uma jogada para o Real Madrid contra o Sevilla

"Final" na quarta-feira

A partida de quarta-feira, contra o Celta, é como uma decisão. Se vencer, o Real vai para a última rodada, contra o Málaga, em casa, precisando apenas de um empate para comemorar o título. No primeiro turno do Espanhol, a equipe de Zidane venceu o Celta por 2 a 1. Contra o Málaga, ganhou pelo mesmo placar.

Sergio Perez/Reuters
Kroos comemora o quarto gol do Real Madrid sobre o Sevilla

UOL Cursos Online

Todos os cursos