Real vence jogo atrasado com 2 de CR7 e fica a um empate do título espanhol

Do UOL, em São Paulo

Em jogo adiado da 21ª rodada, o Real Madrid venceu e colocou uma mão na taça do Campeonato Espanhol. Nesta quarta-feira (17), os comandados de Zinedine Zidane venceram o Celta, fora de casa, por 4 a 1, gols de Cristiano Ronaldo, duas vezes, Benzema e Kroos – Guidetti descontou.

O resultado leva o Real Madrid aos 90 pontos, três a mais que o Barcelona, segundo colocado. Para ser campeão, o time de Zidane precisa somar apenas mais um ponto na última rodada, no domingo (21), contra o Málaga. O Barcelona joga no mesmo dia contra o Eibar, no Camp Nou.

Celta tem mais chances no primeiro tempo...

O Celta acabou o primeiro tempo tendo criado mais chances do que o Real Madrid: 10 a 4. Mas a melhor chance surgiu apenas aos 30 minutos. Wass chutou forte e Navas espalmou para o meio da área. A bola sobrou para Ronclagia, que não conseguiu aproveitar e a arbitragem marcou impedimento.

... mas quem marca é o Real

Na primeira grande chance que teve, o Real Madrid foi às redes. Aos 10 minutos, Marcelo lançou Isco, mas o espanhol foi desarmado. A bola ficou viva e sobrou para Cristiano Ronaldo. O português trouxe para a perna esquerda e soltou a bomba para o fundo das redes de Álvarez, que nem sequer pulou para tentar defender.

Cristiano Ronaldo faz mais um

O Celta teve uma boa chance logo no início do segundo tempo, mas Guidetti não conseguiu girar dentro da área e foi desarmado. No contra-ataque, o Real Madrid não perdoou: Isco arrancou e tocou em profundidade para Cristiano Ronaldo, que tocou no canto de Álvarez e ampliou o marcador, aos três minutos.

Expulsão polêmica aumenta tensão na partida

Uma decisão do árbitro Martínez Munuera esquentou os ânimos na partida. Aos 17 minutos do segundo tempo, ele decidiu dar cartão amarelo a Iago Aspas por simulação, em lance com Sergio Ramos. A advertência era a segunda e o meia do Celta foi expulso. A polêmica no lance, no entanto, se dá pelo fato de realmente ter tido um contato entre os dois, o que afastaria a tese de simulação.

A decisão gerou uma série de pequenas polêmicas. No lance seguinte, Cristiano Ronaldo foi derrubado por Jonny e o árbitro não deu pênalti. Ao pedir cartão ao português por simulação, o lateral do Celta acabou advertido com amarelo. Na sequência, Guidetti também levou cartão por reclamação e o técnico Eduardo Berizzo foi expulso.

Celta diminui...

Em meio às polêmicas, o Celta diminuiu a desvantagem no placar. Aos 24 minutos, Isco saiu jogando errado, Sisto recuperou e tocou para Guidetti. O sueco chutou para o gol, a bola desviou em Sergio Ramos e tirou qualquer chance de Navas.

... e o Real responde na sequência.

As esperanças do Celta, no entanto, duraram apenas um minuto. Aos 25, Cristiano Ronaldo arrancou e tocou para Benzema. O francês abriu a jogada para Marcelo, que fez um cruzamento perfeito para o próprio camisa 9 empurrar para o fundo das redes.

Kroos fecha a conta

O Real ainda teve tento de balançar a rede mais uma vez. Aos 43 minutos, Benzema recuperou a bola e tocou para Kroos, que deixou Mallo no chão e tocou no canto do goleiro para fechar o placar.

A matemática para o título

AP Photo/Lalo R. Villar

O Real Madrid chega na última rodada com uma situação bastante confortável. Com três pontos a mais que o Barcelona, o time de Zidane será campeão com um empate ou vitória sobre o Málaga, impendentemente do que faça o time de Luis Enrique. Caso seja derrotado no último confronto, o Real Madrid precisará que o Barcelona no máximo empate com o Eibar.

Se os dois times terminarem a 38ª rodada com 90 pontos, o Barcelona será campeão. O time de Luis Enrique leva vantagem no confronto direto, primeiro critério de desempate do Campeonato Espanhol.

UOL Cursos Online

Todos os cursos