Messi faz três gols e decide clássico com estreia de Dembélé

Do UOL, em São Paulo

Lionel Messi mostrou como pode ser matador e decisivo, neste sábado (9), em clássico catalão contra o Espanyol. Ele fez três gols para o Barcelona e decidiu a vitória por 5 a 0 pelo Campeonato Espanhol. Agora o time dele é líder isolado da competição, com 100% de aproveitamento em três jogos. A partida também marcou a estreia do recém-contratado Dembélé, que saiu do banco de reservas e deu uma assistência para gol de Suárez no fim.

O Barcelona dominou o jogo desde o início, mas só conseguiu fazer o primeiro gol em um lance polêmico, pois Lionel Messi estava impedido quando marcou, aos 26min. Apenas nove minutos depois, o argentino marcou de novo, em bom passe de Alba. O Espanyol até reagiu bem e acertou uma bola na trave aos 43min, com Piatti, mas ficou só nisso.

O segundo tempo começou animado, pois o Espanyol mudou de postura, foi para o ataque e levou perigo com Piatti e Leo Baptistão. Mas isso também deu espaço para o Barcelona, que quase marcou de novo nos primeiros dez minutos. Foram três chances, inclusive em uma finalização de letra de Suárez. O terceiro gol só saiu aos 20min, após outra assistência de Alba e chute de Messi de dentro da área.

Então o técnico Ernesto Valverde promoveu a estreia de Dembélé e também a entrada de Paulinho no jogo. Piqué marcou de cabeça aos 41min. E Dembélé deu assistência para Suárez marcar aos 45min.

Hat-trick de Messi

Lluis Gene/AFP

O show do argentino foi construído com muito oportunismo e bom posicionamento, aproveitando belas assistências dos companheiros.

Aos 26min, Rakitic deu um belo passe para Messi, em posição ilegal, dominar a bola com facilidade. Ele aplicou um bonito corte e finalizou de esquerda para o gol.

Aos 35min, saiu o segundo gol. Messi iniciou a jogada, a bola sobrou para Alba, que tocou para o argentino finalizar de direita para a rede, dentro da pequena área.

Aos 20min do segundo tempo, Messi iniciou uma bela jogada tabelando com Suárez, que não conseguiu finalizar. A bola sobrou para Alba, que tocou para Messi, sozinho, finalizar com sucesso de novo.

Reforços saíram do banco

O técnico Ernesto Valverde surpreendeu ao colocar Ousmane Dembélé no banco de reservas. O grande reforço contratado pelo Barcelona ficou apenas treinando durante a pausa para jogos das Eliminatórias, mas mesmo assim não entrou no time titular. Ele só foi para o jogo aos 22min do segundo tempo, quando o jogo já estava 3 a 0. Aos 45min, ele puxou um contra-ataque pela direita e rolou para Suárez, sozinho, só tocar para o gol.

Além dele, outro reforço recente, Paulinho, também não começou jogando, mas saiu do banco aos 27min. Ele recebeu bom cruzamento de Suárez aos 35min e por pouco não desviou para o gol.

Manifestação política

Em um clássico de times catalães, era natural que acontecessem manifestações políticas pela independência da Catalunha, assunto que está em voga na Espanha atualmente. E isso aconteceu aos 17min14s, em referência ao ano de 1714, quando houve a resistência da região ao Cerco de Barcelona.

BARCELONA x ESPANYOL

Local: Estádio Camp Nou, em Barcelona (ESP)
Data: 09/09/2017
Árbitro:  Jesús Gil Manzano 
Cartões amarelos:  Busquets (BAR), David López (ESP), Martín (ESP), Sánchez (ESP), Caricol (ESP), Diop (ESP)
Gols: Messi, aos 26min do primeiro tempo, 35min do primeiro tempo e 20min do segundo tempo; Piqué, aos 41min do segundo tempo. Suárez, aos 45min do segundo tempo.

BARCELONA
Ter Stegen; Semedo, Piqué, Umtiti, Jordi Alba; Busquets (Paulinho), Rakitic, Iniesta (André Gomes); Messi, Luis Suárez e Deulofeu (Dembélé).
Técnico: Ernesto Valverde

ESPANYOL
 Pau López; Mario Hermoso, Diop, David Lópoz, Aarón; Víctor Sánchez (Navarro), Javi Fuego, Darder (Didac); Baptistao, Gerard Moreno e Piatti (García). 
Técnico: Enrique Flores

UOL Cursos Online

Todos os cursos