Com gol de Suárez, Barça arranca 1 a 1 com Atleti e mantém invencibilidade

Do UOL, em São Paulo

O Atlético de Madri poderia guardar lembranças melhores do primeiro clássico disputado em seu novo estádio, o Wanda Metropolitano. Neste sábado (14), os colchoneros saíram na frente do Barcelona com gol de Saúl, mas recuaram demais e cederam empate por 1 a 1 na reta final — Suárez igualou.

O resultado mantém o Barcelona folgado na liderança do Campeonato Espanhol, com 22 pontos e cinco acima do Real Madrid. O Atleti acompanha de perto, com 16. Ambos os times têm compromissos pela Liga dos Campeões na quarta-feira (18): o Barça recebe o Olympiakos, enquanto o Atlético pega o Karabakh.

Intenso, Atleti sai na frente

AFP PHOTO / JAVIER SORIANO

A primeira oportunidade do jogo foi do Barça, com Messi, aos 30 segundos. Mas daí em diante o time da casa foi muito mais agudo: em poucos minutos criou três boas chances com Griezmann, que fez Ter Stegen trabalhar logo cedo. O goleiro alemão, no entanto, nada pôde fazer quando Saúl apareceu entre as linhas e mandou no cantinho para abrir o placar.

Barça conquista o campo e pressiona

O gol aumentou a cautela do time da casa, que abriu mão da posse de bola (32% até o intervalo). O Barcelona virou dono das ações, girando a bola para lá e para cá, enquanto o Atleti ficou encolhido para reagir. Iniesta distribuiu a bola com passes precisos e deixou os visitantes perto de empatar, mas o Atlético se segurou até o intervalo.

Atlético é castigado pela retranca

O time da casa abraçou a vantagem mínima, colocou cinco homens no meio-campo e se fechou à espera do bote fatal. Mas não aproveitou os dois bons contra-ataques que teve e viu sua marcação afrouxar no meio-campo. O espaço foi essencial para Sergi Roberto levantar a cabeça e cruzar na medida para Luis Suárez empatar aos 37. A pressão se manteve até os acréscimos, mas o Barcelona não seria capaz de virar.

Ativista por independência, Piqué é vaiado

REUTERS/Sergio Perez

Defensor fervoroso da independência da Catalunha, o ídolo do Barcelona foi vaiado durante boa parte do clássico no Wanda Metropolitano. Antes do jogo, os visitantes aqueceram com uniforme em alusão à bandeira catalã, e a torcida da casa respondeu com bandeiras e faixas exaltando a "unidade espanhola". A discussão tem sido quente no país, visto que o governo da Catalunha ameaça separar-se da Espanha.

Ficha Técnica

Atlético de Madri 1 x 1 Barcelona

Data: 14 de outubro de 2017
Local: Estádio Wanda Metropolitano, Madri (ESP)
Hora: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Antonio Mateu
Assistentes: Pau Cebrián e Roberto Díaz
Cartões Amarelos: Gabi, Saúl e Griezmann (Atlético); Umtiti e Rakitic (Barcelona)
Cartão Vermelho: não houve

Gols: Saúl aos 21 minutos do primeiro tempo; Luis Suárez aos 37 minutos do segundo tempo.

Atlético de Madri: Oblak; Juanfran, Savic, Godín e Filipe Luís; Saúl, Gabi (Fernando Torres), Koke e Carrasco (Thomas); Ángel Correa (Nico Gaitán) e Griezmann. Treinador: Diego Simeone.

Barcelona: Ter Stegen; Semedo (Sergi Roberto), Piqué, Umtiti e Jordi Alba; Busquets, Rakitic (Paulinho), André Gomes e Iniesta (Deulofeu); Messi e Suárez. Treinador: Ernesto Valverde.

UOL Cursos Online

Todos os cursos