Com ajuda de gol irregular, Barça vence mais uma e mantém folga na ponta

Do UOL, em São Paulo

O Barcelona confirmou seu favoritismo e venceu o lanterna Málaga por 2 a 0 neste sábado, no Camp Nou. Deulofeu, logo aos 2 minutos de jogo, aproveitando cruzamento irregular de Digne (a bola havia saído), e Iniesta anotaram os gols dos donos da casa.

Com o resultado, a equipe catalã segue tranquila na liderança do Campeonato Espanhol, com 25 pontos, quatro de vantagem para o Valencia, que mais cedo havia goleado o Sevilla por 4 a 0. Terceiro colocado, o Real Madrid chegará a 20 se vencer o Betis em casa neste domingo.

O time azul-grená volta a campo no próximo sábado, quando defende a ponta e a invencibilidade no torneio diante do Athletic Bilbao no País Basco. Já o Málaga, afundado na última colocação com um ponto após nove rodadas, busca encerrar o jejum diante do Celta, em casa, no domingo.

Tensão e protestos

O duelo no Camp Nou neste sábado foi mais uma vez marcado pela tensão envolvendo o movimento de independência da Catalunha, ainda mais por ter sido realizado horas depois de o governo espanhol ter decidido destituir Carles Puigdemont, presidente da comunidade autônoma, e convocar uma eleição regional. O líder local classificou a medida como um "golpe" e um "ataque à democracia".

Milhares de catalães estiveram nas ruas neste sábado em manifestações, e o clima se estendeu para o Camp Nou. A segurança dentro e fora de campo foi reforçada para evitar possíveis invasões, mas nada de grave foi registrado. Torcedores da casa voltaram a pedir a independência apenas das arquibancadas, com cânticos e bandeiras da Catalunha.

Piqué no banco; Paulinho entra bem

Expulso na vitória por 3 a 1 sobre o Olympiacos no meio de semana, pela Champions League, o zagueiro Piqué foi poupado pelo técnico do Barcelona, Ernesto Valverde, abrindo espaço para o retorno do argentino Mascherano ao time titular.

Já o volante brasileiro Paulinho voltou a ficar no banco e entrou aos 30 minutos do segundo tempo, no lugar de Busquets. Ele teve tempo para criar duas boas chances de gol, uma delas após tabela com Messi, comprovando que merece mais oportunidades na equipe.

Gol relâmpago irregular

No duelo do líder contra o lanterna, bastaram dois minutos para o Barcelona abrir o placar. Mas de forma irregular. Digne avançou pela esquerda e cruzou para a área, mas não evitou a saída da bola. A arbitragem, porém, mandou o lance seguir e Deulofeu, livre, só desviou para as redes.

O lance revoltou os jogadores do Málaga e deu tranquilidade à equipe da casa, que pouco acelerou o ritmo no restante do primeiro tempo e também pouco foi ameaçada.

Albert Gea/Reuters

Iniesta encerra jejum

O segundo tempo recomeçou com os visitantes tentando ameaçar mais, mas logo o Barcelona tratou de ampliar a vantagem. Messi, até então discreto, deu bom passe para Iniesta, que bateu cruzado - a bola ainda desviou em Rosales antes de entrar. Foi o primeiro gol do meia espanhol em La Liga após 51 jogos - o último havia sido em novembro de 2015.

Messi atinge marca

O passe para Iniesta, aliás, rendeu (mais) uma marca especial na carreira do argentino. Messi participou ao todo de 500 gols do Barcelona no Espanhol - são 360 gols e 140 assistências. Tudo isso em 391 jogos. Ele ainda anotou um gol no fim, mas a arbitragem anulou corretamente, assinalando impedimento.

Já Suárez...

Se Iniesta quebrou jejum e Messi atingiu mais uma marca, Luis Suárez teve uma atuação para esquecer e mais uma vez passou em branco contra o Málaga - é o único time de La Liga contra o qual o uruguaio não marcou. E olha que ele teve ao menos três boas chances.

Ficha Técnica

Barcelona 2 x 0 Málaga

Data: 21 de outubro de 2017
Local: Estádio Camp Nou, em Barcelona (ESP)
Hora: 16h45 (de Brasília)
Árbitro: González Fuertes
Cartões Amarelos: Umtiti (Barcelona). Rosales, Hernández, Adrián, Cecchini (Málaga)
Cartão Vermelho: não houve

Gols: Deulofeu, aos 2 minutos do primeiro tempo, e Iniesta, aos 11 minutos do segundo tempo.

Barcelona: Ter Stegen; Sergi Roberto, Mascherano, Umtiti e Digne; Busquets (Paulinho), Rakitic, Iniesta; Deulofeu (Semedo), Messi e Suárez (Alcácer). Treinador: Ernesto Valverde

Málaga: Prieto; Rosales, Hernández, Baysse e Juankar; Rolón (Cecchini), Adrián, Keko e Chory; Peñaranda (Bastón) e Rolán (Juanpi). Treinador: Míchel

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos