Suárez revela dor por saída de Neymar e pede Coutinho no Barcelona

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Instagram

    O trio MSN, em recente foto publicada por Lionel Messi no Instagram

    O trio MSN, em recente foto publicada por Lionel Messi no Instagram

Integrante do ataque MSN do Barcelona até a temporada passada, Luís Suárez definiu a saída de Neymar do clube catalão como "dolorosa", em entrevista ao jornal "Sport", publicada nesta quarta-feira (8).

O atacante brasileiro trocou o Barça pelo Paris Saint-Germain, em agosto, na maior transação da história do futebol mundial: 222 milhões de euros (cerca de R$ 839 milhões na cotação atual).

"Pela amizade que temos com Neymar, a saída dele foi dolorosa", confessou o atacante uruguaio, que recentemente apareceu em fotos com o brasileiro e o argentino Lionel Messi da última vez em que o trio se encontrou na Catalunha.

"Sentimos muito a falta de Neymar no campo, mas mais ainda fora dele, porque ele era especial. Ele disse isso. Nos divertimos muito. Ele transmite alegria e felicidade o tempo todo. Ele era importante para nós. Ele está jogando por outro time agora, mas não guardo rancor, muito pelo contrário. Tentei convencê-lo a ficar porque eu acho que aqui é o melhor lugar para ele, mas é uma decisão que ele teve de tomar", afirmou o camisa 9.

Suárez desmentiu os rumores de que Neymar teria se arrependido de deixar o Barcelona.

"De jeito nenhum. Ney é maduro o bastante para saber que se ele se arrependeu ele mesmo deveria dizer, isso não precisa ser dito por outras pessoas", afirmou.

O centroavante admitiu que ele e Lionel Messi tentaram convencer o brasileiro a ficar no clube catalão.

"Mais do que conselho, tentamos fazer o que beneficiaria o time. Mas nunca dissemos 'não vá porque você não vai ser feliz'. Dissemos que não queríamos que ele saísse, mas que ele era livre para fazer o que quisesse", declarou. 

Nas três temporadas em que atuaram juntos, o trio Messi-Suárez-Neymar conquistou nove títulos, entre eles a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes, com 364 gols marcados.

Em outra entrevista publicada nesta quarta, desta vez para o jornal "Mundo Deportivo", Suárez fez elogios a outro brasileiro: Philippe Coutinho, camisa 10 do Liverpool e alvo do Barça na última janela de transferências europeia.

"Eu o conheço como pessoa e como jogador porque joguei com ele, mas que Coutinho pode ajudar todo mundo sabe. É um jogador que hoje em dia está em altíssimo nível", elogiou o uruguaio.

Suárez acredita que Coutinho gostaria de se transferir para o Barcelona e elogia o modo como o brasileiro voltou a jogar bem após o imbróglio que envolveu sua possível transferência antes do início da temporada.

"Obviamente, ele deve ter vontade porque ele é um jogador que tem ambição, e qualquer jogador gostaria de jogar no Barcelona. Ele passou por um momento difícil e muito complicado, mas, como profissional, começou a mostrar o quanto ele é bom e a qualidade pessoal que ele possui. Apesar de tentar sair do Liverpool, ele continuou ajudando o time e trabalhando. Ele está mostrando ser um profissional que tem a ambição de dar um passo à frente", opinou.

Segundo o jornal britânico "Daily Mirror", os ingleses só aceitariam negociar Coutinho por cerca de 150 milhões de euros (R$ 567 milhões).

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos