Técnico do Barcelona detona arbitragem: 'É absurdo não ver que foi gol'

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / Josep LAGO

    Ernesto Valverde, técnico do Barcelona

    Ernesto Valverde, técnico do Barcelona

Ernesto Valverde, técnico do Barcelona, partiu para o ataque contra a arbitragem de Ernesto Iglesias Villanueva, que não validou um gol legítimo de Messi, em falha do goleiro brasileiro Neto, no empate em 1 a 1 com o Valencia, no último fim de semana. Ele alertou para a necessidade da adoção da revisão de lances por vídeo (VAR) no Campeonato Espanhol.

"O que eu acho absurdo é alguém estar na última fileira de um campo de futebol e ver que foi gol, e alguém que está no campo não ver", afirmou Valverde em coletiva de imprensa, nesta terça-feira. "É um absurdo, em uma partida tão importante, que pode decidir muitas coisas, o árbitro não ver [que foi gol]. É um absurdo que não enxergue algo tão claro e agora temos de passar a semana dando explicações", emendou o comandante.

No primeiro tempo do clássico, quando o placar ainda estava zerado, Messi arriscou chute e Neto, ao fazer a defesa, deixou escapar. A bola claramente ultrapassou a linha do gol, mas Villanueva mandou a partida seguir.

"Eu não vi que a bola entrou. Da minha perspectiva na beira do campo, não deu para ver, mas sabia que tinha sido gol. Vi Leo [Messi] comemorando, o goleiro [Neto]n lamentando, vi Montoya [lateral do Valencia] com a bola debaixo do braço para reiniciar o jogo no meio de campo. Com tecnologia na mão, me parece absurdo que não seja aplicado", concluiu o técnico do Barça.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos