Pai de Messi confirma cláusula catalã: "Fica se jogar uma liga competitiva"

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Foto: AFP PHOTO / PEDRO ARMESTRE

    Messi poderia deixar o Barcelona, caso a região da Catalunha consiga a independência

    Messi poderia deixar o Barcelona, caso a região da Catalunha consiga a independência

Uma notícia publicada no jornal El Mundo movimentou a cidade de Barcelona nesta sexta-feira. Lionel Messi possui uma cláusula no contrato que o libera do clube no caso de a independência da Catalunha tirar o time de uma liga competitiva. O pai do jogador, Jorge Messi, confirmou a informação, em entrevista concedida à Rádio AM 910.

"Se a Catalunha obtiver a independência, Leo ficaria sempre enquanto jogar uma liga competitiva", afirmou o pai do craque, que amenizou a chance de Messi deixar o Barcelona.

"Tudo o que se fala não é verdade. Há um compromisso de Leo de ficar sempre enquanto jogar em uma liga top", acrescentou Jorge Messi.

De acordo com o jornal El Mundo, Messi poderia deixar o Barcelona sem qualquer custo a partir da independência da Catalunha, caso o clube não dispute uma das quatro ligas mais competitivas da Europa – França, Espanha, Inglaterra ou Alemanha.

O futuro do Barcelona, em caso de independência catalã, ainda não foi discutido pelo clube. O time que se vangloria de representar a região que busca a separação da Espanha, no entanto, se posicionou de maneira polêmica durante esta mesma edição do Campeonato Espanhol.

Em um dia marcado por protestos e confrontos, com direito a comportamento abusivo da polícia contra manifestantes separatistas, o Barcelona jogou normalmente contra Las Palmas, mas sem a presença de torcedores no Camp Nou.

Enquanto ainda aguarda a decisão política para se movimentar, o Barcelona se sente seguro enquanto às chances do argentino deixar a Catalunha neste momento. A multa rescisória de Lionel Messi ultrapassa o patamar dos R$ 2,7 bilhões.

UOL Cursos Online

Todos os cursos