Embalado "pós-PSG", Real vence o Betis em jogo de duas viradas

Do UOL, em São Paulo

  • JON NAZCA/REUTERS

Embalado pela vitória sobre o PSG na última semana, o Real Madrid voltou a campo neste domingo (18). Em jogo de duas viradas, o time merengue venceu o Betis por 5 a 3, no Estádio Benito Villamarín, e chegou à quarta vitória em cinco jogos no Campeonato Espanhol. Asensio duas vezes, Sergio Ramos, Cristiano Ronaldo e Benzema anotaram os gols do triunfo. Mandi, Nacho (contra) e Léon marcaram para os donos da casa.

O confronto foi marcado por emoção desde o início. Após abrir o placar logo nos primeiros minutos, o Real viu o adversário reagir e terminou o primeiro tempo em desvantagem. A reação veio no segundo tempo e o time comandado por Zidane reassumiu a vantagem para confirmar o triunfo. o Betis ainda esboçou uma reviravolta, mas acabou vendo os visitantes ampliarem.

Com o resultado, o Real chega a 45 pontos - um atrás do Valencia, terceiro colocado. A diferença para o líder Barcelona é de 17. O Betis estacionou nos 33 pontos e caiu para a nona colocação

Na próxima quarta-feira, o Real enfrenta o Leganes em jogo atrasado da 16ª rodada. Já o Betis tem a semana de folga e só volta a jogar no dia 26, diante do Levante.

Herói: Asensio é decisivo na vitória
JON NAZCA/REUTERS

Enquanto todos os holofotes costumeiramente se viram para Cristiano Ronaldo nos jogos do Real Madrid, neste sábado foi Asensio quem brilhou. O meia marcou dois gols no triunfo meregue, incluindo o que recolocou a equipe em vantagem no placar.

Real abre o placar no oportunismo

O Real Madrid deu a impressão que controlaria a partida com facilidade. Aos 10 minutos, Cristiano Ronaldo recebeu passe de Lucas Vásquez na entrada da área e soltou uma bomba. O goleiro Adán conseguiu a defesa, mas Asensio aproveitou o rebote e meteu a cabeça na bola para empurrar para o fundo da rede.

Preocupação merengue
JON NAZCA/REUTERS

Marcelo preocupou o torcedor do Real Madrid pouco depois da metade do primeiro tempo. O lateral-esquerdo desabou sozinho no gramado, levou a mão à coxa – em gesto típico de lesão muscular – e foi imediatamente substituído por Theo Hernández. A boa notícia é que o brasileiro deixou o campo caminhando e, aparentemente, sem dores. Vale lembrar que o alemão Toni Kroos, lesionado, já é dúvida para os próximos compromissos.

Virada em 5 minutos

Apesar de ter saído atrás no placar, o Betis ditou o ritmo ao longo da etapa inicial. Os donos da casa dominavam o jogo e já haviam chegado ao menos três vezes com perigo quando, aos 33 minutos, Mandi ganhou disputa pelo alto com Casemiro e desviou de cabeça para o gol, empatando o marcador.

Quatro minutos depois, a virada. Junior Firpo recebeu passe de Joaquín e bateu cruzado. Nacho se atrapalhou ao tentar contar e mandou contra a própria meta. Melhor para o Betis, que merecidamente terminou a primeira etapa em vantagem.

Zagueiro artilheiro

A desvantagem do Real no placar não durou muito. Logo aos cinco minutos do segundo tempo, Sergio Ramos deixou o resultado igual novamente. E em seu melhor estilo: após cobrança de escanteio, o defensor subiu mais alto do que todo mundo e cabeceou firme como um tiro para o gol. A bola ainda tocou o travessão antes de entrar. 

Mais uma virada

Se no primeiro tempo o Real Madrid sofreu ao ver o Betis assumir a vantagem em poucos minutos, na segunda etapa foi a vez dos comandados de Zidane darem o troco. Após o empate de Ramos, a virada saiu dos pés de Asensio aos 13 minutos. Bem posicionado, ele apareceu para completar cruzamento de Carvajal, que havia deixado três marcadores para trás em grande jogada individual. 

Novamente em vantagem, o Real aproveitou o bom momento e marcou o gol que deixou a equipe em situação ainda mais confortável. Aos 19 minutos, Cristiano Ronaldo recebeu passe de Casemiro, passou pela marcação e soltou uma bomba para ampliar.

Benzema freia reação do Betis

Depois de ficar dois gols atrás no placar, o Betis esboçou uma reação nos minutos finais. Aos 39, Léon diminuiu para o time da casa e deu esperança aos torcedores que compareceram ao Benito Villamarín. Nos acréscimos, porém, Benzema - que havia entrado no lugar de Cristiano Ronaldo pouco antes - marcou para definir o placar. 

Recorde é com ele!

Acostumado a bater recordes, Cristiano Ronaldo chegou a mais uma grande marca com a camisa merengue. Com o gol neste sábado, o português balançou a rede em 264 partidas pelo Real - igualando o feito de Raúl González. Ao todo, foram 432 gols de CR7 pelo clube.

Maratona

A partida contra o Betis marcou a primeira da série de cinco jogos do Real Madrid em um período de 17 dias antes do confronto decisivo diante do PSG, pela Champions League. É uma média de praticamente uma partida a cada três dias e meio. Com a situação complicada no Espanhol, o encontro com os franceses é um dos principais compromissos da equipe na temporada.

UOL Cursos Online

Todos os cursos