Topo

Esporte


Messi decide com golaço, e Barça supera Atlético de Madri em "final"

David Ramos/Getty Images
Messi anotou um golaço para chegar a 600 na carreira; argentino novamente foi decisivo Imagem: David Ramos/Getty Images

Do UOL, em São Paulo (SP)

2018-03-04T14:06:51

04/03/2018 14h06

O Barcelona deu um passo importante para conquistar o Campeonato Espanhol. Em duelo direto pela primeira posição na tabela, o clube catalão derrotou o vice-líder Atlético de Madri pelo placar de 1 a 0, no Camp Nou, e aumentou a vantagem no topo graças (de novo) a Lionel Messi. O argentino decidiu o decisivo duelo com um golaço de falta, ainda na etapa de abertura da partida.

O 21º resultado positivo conquistado em 27 rodadas deixa o Barcelona com 69 pontos, enquanto o Atlético de Madri permanece com 61, ainda confortável na segunda posição – o Real Madrid soma 54. Os catalães, além de líderes e com oito pontos de frente em relação ao adversário colchonero, ainda estão invictos na liga, restando 11 rodadas para o fim.

Fora o objetivo coletivo conquistado e o reencontro com as vitórias após tropeço no meio de semana contra o Las Palmas, o jogo deste domingo permitiu a Messi quebrar mais uma barreira na carreira. O golaço de falta aos 26min da primeira etapa fez o argentino chegar a 600 gols na carreira.

O clube catalão agora conta com uma semana inteira de trabalho antes do próximo compromisso. No dia 10, a partir das 16h45 (de Brasília), o Barça encara o Málaga, fora de casa. É o último duelo antes do duelo decisivo contra o Chelsea, dia 14, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

O Atlético de Madri, que não perdia desde o fim de janeiro e agora vê o adversário catalão mais distante, já volta a campo na quinta-feira para encarar o Lokomotiv de Moscou, no primeiro confronto pelas oitavas de final da Liga Europa. O duelo será realizado no Estádio Wanda Metropolitano.

600 vezes Messi

David Ramos/Getty Images
Messi anotou um golaço para chegar a 600 na carreira; argentino novamente foi decisivo Imagem: David Ramos/Getty Images

Difícil apontar alguém no futebol mundial que aproveite mais as bolas paradas do que Lionel Messi. Mais uma vez, com maestria, o craque argentino usufruiu-se de uma falta para brilhar pelo Barcelona. Com um golaço, aos 27min, o camisa 10 abriu o placar para o time catalão e alcançou o número 600 de gols na carreira. Oblak ainda tentou chegar na bola, mas o efeito tirou qualquer chance do de defesa para o goleiro do Atlético.

Já virou rotina

Três rodadas, três gols de falta. Ninguém para Lionel Messi. Diante do Girona, o argentino cobrou a infração sob a barreira, à la Ronaldinho. Contra o Las Palmas, chute forte no ângulo direito do goleiro adversário. Já contra o Atlético de Madrid, chute sobre os defensores e em um lugar praticamente indefensável para Oblak. Virou rotina.

Problemas para a Liga dos Campeões?

Se a vitória deste domingo deixa o Barcelona novamente em situação confortável no Campeonato Espanhol, um lance em específico na partida deixou o torcedor catalão preocupado. Ainda na primeira etapa, Andrés Iniesta sentiu uma lesão muscular na coxa direita e precisou ser substituído. O jogador teve como primeiro diagnóstico uma lesão no bíceps femoral da coxa direita.

Coutinho discreto; Paulinho no banco

Os brasileiros do Barcelona tiveram uma noite discreta no decisivo duelo. Philippe Coutinho, que novamente atuou boa parte do jogo pelo lado direito, teve atuação tímida durante o decisivo confronto. Já Paulinho, barrado do time titular neste domingo, entrou apenas na parte final do jogo. Pelo lado do Atlético de Madri, Filipe Luis sofreu defensivamente e acabou substituído aos 30min da etapa final.

Mais Esporte