Real Madrid vence e diminui diferença para Barcelona; Casemiro sai mancando

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters/Eloy Alonso

Fora de casa, o Real Madrid não teve dificuldades para vencer o Celta por 4 a 2 pela 12ª rodada do Campeonato Espanhol. O time da capital marcou aos 23 minutos com Benzema, após lançamento do melhor do mundo, Luka Modric, e depois ampliou com gol contra de Gustavo Cabral. No fim do jogo, Sergio Ramos, de pênalti, e Ceballos, de fora da área, ampliaram. O Celta diminuiu com Hugo Mallo e Méndez. O Real teve de fazer as três substituições por causa de lesões. 

O resultado faz o Real Madrid diminuir a diferença para o Barcelona, que perdeu para o Betis por 4 a 3 neste domingo. Em sexto lugar, o Real tem 20 pontos, quatro a menos que o líder Barcelona. O Celta termina a rodada em 14º lugar, com 14 pontos.

Na próxima rodada, o Real Madrid joga novamente fora de casa, desta vez contra o Eibar, no sábado (24). O Celta enfrenta a Real Sociedad na segunda-feira (26). Antes disso, o Campeonato Espanhol faz uma pausa para os jogos das seleções.

O melhor: Benzema

Autor do primeiro gol do jogo, Benzema foi responsável direto também pelo segundo gol do Real. Referência no ataque, ele deu um belo drible sobre Roncaglia no lance do gol contra de Cabral. 

O pior: Juncà

O zagueiro espanhol cometeu um pênalti infantil sobre Odriozola na reta final da partida quando o Celta pressionava em busca do empate. Sergio Ramos bateu e ampliou.

Modric dá assistência e Benzema marca

Apesar do domínio em campo, o Real Madrid não conseguia levar perigo ao gol de Sergio Álvarez. Tudo mudou quando o croata Luka Modric encontrou espaço e lançou Benzema. O francês dominou com rara categoria e finalizou sem chances para o goleiro do Celta.

Kroos perde chance sem goleiro

Vásquez passou para Benzema, que driblou o defensor e cruzou para Gareth Bale, mas o galês passou da bola e Kroos, sozinho e com o gol aberto, chutou por cima.

Casemiro sofre pancada e sai mancando

O volante brasileiro Casemiro deu um susto nos torcedores do Real Madrid e da seleção brasileira. Ele sofreu uma entrada no começo da partida e precisou ser atendido pelos médicos do clube.

Ele retornou ao gramado, mas teve de ser substituído aos 18 minutos e iniciou o tratamento no tornozelo direito ainda no banco de reservas. Dani Ceballos entrou no lugar do brasileiro, que saiu mancando.

Real Madrid amplia com gol contra

Em noite inspirada, Benzema recebeu de Vazquez, entortou o argentino Roncaglia e chutou forte, a bola bateu na trave e voltou em Gustavo Cabral antes de entrar. O gol foi dado para o zagueiro do Celta, mas a jogada foi toda do francês.

Celta não desiste e diminui 

Cinco minutos depois de sofrer o segundo gol, o Celta conseguiu diminuir. Méndez cruzou da direita, Mallo pegou a bola ainda no ar e chutou de primeira para diminuir o placar no Balaídos.

Festival de gols nos minutos finais 

O zagueiro da seleção espanhola foi abusado ao cobrar pênalti sofrido por Odriozola. Sergio Ramos, de cavadinha, marcou seu quinto gol no Campeonato Espanhol. Nos acréscimos, Ceballos acertou um bonito chute de fora da área e fez o quarto do Real. Méndez ainda diminuiu aos 49 minutos do segundo tempo, mas já não havia tempo para uma reação.

Vinicius Jr. fica no no banco

O brasileiro foi relacionado e ficou no banco de reservas na vitória do Real Madrid. O técnico Solari foi obrigado a fazer duas alterações por lesões ainda no primeiro tempo por conta das lesões de Casemiro e Reguilón. No segundo tempo, Asensio entrou no lugar de Nacho, também machucado. 

Ficha da partida

Celta 2 x 4 Real Madrid

Campeonato Espanhol - 12ª rodada

Data: 11/11/2018

Local: Estádio Abanca Balaídos

Hora: 17h45 (de Brasília)

Gols: Benzema, aos 23 minutos do primeiro tempo, Gustavo Cabral contra, aos 11 minutos do segundo tempo, Sergio Ramos, aos 38 minutos do segundo tempo, e Dani Ceballos, aos 46 minutos do segundo tempo, para o Real Madrid. Hugo Mallo, aos 16 minutos do segundo tempo, e Méndez, aos 49 minutos do segundo tempo, para o Celta.

Cartões amarelos: Gustavo Cabral, Hugo Malla, Juncà (Celta); Reguilón e Javi Sánchez (Real Madrid).

Cartão vermelho: Gustavo Cabral (Celta).

Celta: Sergio Álvarez, Roncaglia, Hugo Mallo, Juncà e Gustavo Cabral; Okay, Méndez, Boufal (Hjulsager) e Beltrán (Emre Mor); Iago Aspas e Maxi Gómez. Técnico: Antonio Mohamed

Real Madrid: Courtois, Nacho (Asensio), Reguilón (Javi Sánchez), Sergio Ramos, Odriozola; Kroos, Casemiro (Ceballos), Modric, Lucas Vázquez e Bale; Benzema. Técnico: Santiago Solari

UOL Cursos Online

Todos os cursos