Barcelona vence Villarreal e assume liderança do Campeonato Espanhol

Do UOL, em São Paulo

  • Lluis Gene/AFP

O Barcelona retomou o caminho das vitórias no Campeonato Espanhol neste domingo (2). Jogando no Camp Nou, Dembélé assumiu a responsabilidade e comandou a vitória do Barça sobre o Villarreal pelo placar de 2 a 0. O resultado fez com que o Barça assumisse a liderança da La Liga, ultrapassando o Sevilla.

Com 28 pontos, os catalães assumiram a liderança e abriram vantagem para o Sevilla, vice-líder com 26 pontos, e que tropeçou neste domingo ao empatar com o Alavés por 1 a 1. Os catalães entraram em campo com um retrospecto negativo: duas partidas seguidas sem triunfar na competição nacional. Para voltar a somar três preciosos pontos, o Barcelona contou com assistência de Dembélé para gol de Piqué e, no fim, o jovem Aleña dando números finais.

Na quarta-feira (5), Messi e companhia enfrentam o Cultural Leonesa, em partida válida pela Copa do Rei. Pelo Espanhol, o próximo compromisso é em clássico contra o Espanyol, no sábado (8), fora de casa.

Lluis Gene/AFP

O melhor: Dembélé

Criticado por torcedores - e inclusive por companheiros -, Dembélé foi o protagonista no Camp Nou. Jogador mais acionado na partida, com jogadas individuais e em velocidade, o jovem atacante deu bela assistência para o zagueiro Piqué abrir o placar.

O pior: Santi Cazorla

Responsável pela saída de bola do Villarreal, o experiente Santi Cazorla não cumpriu bem sua função. Aos 33 anos, o jogador que teve boa carreira no Arsenal, errou passes e não conseguiu puxar os contra-ataques quando necessário.

Homenagem ao lesionado Rafinha

O brasileiro Rafinha rompeu o ligamento cruzado do joelho e desfalcará o Barcelona no restante da temporada. Neste domingo, os jogadores do Barça entraram com camisa de apoio ao atacante, que passará por cirurgia. Com o número 12, a camisa usada pelo elenco apresentava a escrita: "Muita força, Rafinha".

Sem Suárez, Piqué vira centroavante

Com problemas no joelho direito, Luis Suárez ficou fora da partida contra o Villarreal. Sem uma referência no ataque, o Barcelona procurou as jogadas ofensivas pela lateral direita, sempre com Dembélé. Muito bem, o jovem francês 'bordou e pintou', realizando jogadas individuais, em velocidade, ou dando passes milimétricos.

Em um dos bons momentos protagonizados por Dembélé, o Barcelona abriu o placar. Com o zagueiro Gerard Piqué fazendo o papel de centroavante, Dembélé descolou cruzamento na medida para o defensor balançar as redes.

Manu Fernandez/AP

Coutinho apagado dá lugar a Malcom

Sem conseguir resolver a partida, o técnico Ernesto Valverde promoveu a entrada do jovem volante Aleña no lugar de Vidal, que não ficou muito satisfeito com a decisão do comandante. Poucos minutos depois, o treinador fez uma troca de brasileiros: Malcom no lugar do apagado Philippe Coutinho. Com poucos minutos para atuar, Malcom participou de apenas um lance ofensivo: cabeçada para fora ao tentar encobrir o goleiro adversário. Quem brilhou, no entanto, foi o improvável Aleña. O jovem recebeu belo passe de Messi nas costas da zaga e fez o segundo gol do Barça.

Defesa volta a apresentar problemas

O Barcelona sofreu 19 gols no Campeonato Espanhol, e apresentou problemas defensivos em quase todos os 14 jogos que realizou. Neste domingo, não foi diferente. Permitindo espaços ao Villarreal, o Barça quase sofreu gol em erro bobo de Lenglet, que perdeu no 'corpo a corpo' com Moreno, que aproveitou para acertar a trave.

Arthur faz falta

O brasileiro Arthur voltou a desfalcar o Barcelona. O volante ficou fora da partida contra o PSV Eindhoven no meio da semana, pela Liga dos Campeões, e ainda se recupera da sobrecarga nos adutores. Sem o principal responsável pela saída de bola, Vidal foi titular, mas não apresentou a mesma qualidade na função, e deixou os catalães mais lentos.

FICHA TÉCNICA
BARCELONA 2 X 0 VILLARREAL

Data: 02 de dezembro de 2018, domingo
Horário: 15h30 (de Brasília)
Local: Estádio Camp Nou, em Barcelona (ESP)
Cartões amarelos: Lenglet e Alba (BAR); Álvaro González, Ruiz e Fornals (VIL)

GOLS: Piqué aos 35 do primeiro tempo e Aleña aos 42 minutos do segundo tempo (BAR)

Barcelona: Ter Stegen; Semedo, Piqué, Lenglet e Alba; Busquets, Rakitic e Vidal (Aleña); Dembélé, Messi e Philippe Coutinho (Malcom)
Técnico: Ernesto Valverde

Villarreal: Asenjo; Gaspar, Álvaro González, Ruiz e Pedraza; Cáseres, Trigueros (Bacca), Cazorla (Raba), Fornals e Chukwueze; Moreno (Ekambi)
Técnico: Javier Calleja

UOL Cursos Online

Todos os cursos