Carioca começa com escalações irregulares e apenas um reserva no Tigres

Vinicius Castro*

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Reprodução

    O Tigres será julgado pelo TJD-RJ após episódios curiosos na estreia do Carioca

    O Tigres será julgado pelo TJD-RJ após episódios curiosos na estreia do Carioca

O Campeonato Carioca começou com um fato inusitado neste sábado (30). O Tigres do Brasil, parceiro do Corinthians no Rio de Janeiro, relacionou apenas 12 jogadores para o confronto contra a Portuguesa no estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador.

Contar com um número reduzido de atletas não foi o principal problema, já que o clube de Duque de Caxias escalou dois jogadores que estão com regularização pendente na Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro): Sérgio Raphael e William. 

O Tigres garantiu que os atletas estão regularizados. Apesar disso, o clube será denunciado e pode ser multado, já que foi derrotado por 3 a 2. O TJD-RJ (Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro) descartou punição mais severa.

"Não é o caso de exclusão da competição, mas obviamente será denunciado pela procuradoria e julgado nas normas do CBJD [Código Brasileiro de Justiça Desportiva]. A tendência era a de perder qualquer ponto conquistado em caso de empate ou vitória. Como perdeu, existe a possibilidade da aplicação de multa em caso de irregularidades confirmadas. Tudo será muito bem analisado", explicou o presidente do tribunal, José Teixeira.

* Atualizada às 19h

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos