Carioca inicia com charme abalado por brigas e ausência de estádios

Bruno Braz e Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Getty Images

    A ausência do Maracanã é um dos problemas para os grandes clubes no Carioca

    A ausência do Maracanã é um dos problemas para os grandes clubes no Carioca

Considerado outrora o "campeonato mais charmoso do Brasil", o Carioca de 2016 se inicia neste sábado (30) com o desafio de superar as sérias dificuldades que ameaçam o prestígio da competição, principalmente em relação ao racha da dupla Fla-Flu com a Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) e a ausência de dois dos mais importantes estádios do Rio de Janeiro: o Maracanã e o Engenhão.

Envoltos na polêmica criação da Primeira Liga, Flamengo e Fluminense vão se dividir entre o torneio e o Estadual. Por força contratual em relação aos direitos de transmissão, os clubes inscreveram o elenco principal, mas pretendem priorizar o Regional.

Aliados da Ferj e fora da competição recém-criada, Botafogo e Vasco vão com força máxima em busca da conquista. O Cruzmaltino, aliás, entra para a defesa do título, obtido no ano passado após 11 anos de jejum.

Sem Maracanã e Engenhão, selecionados para os Jogos Olímpicos Rio-2016, o Carioca terá como principal estádio São Januário, que já tem agendados clássicos entre Vasco e Flamengo - duelo que não ocorre no local desde 2005 - e Vasco e Botafogo.

Em seus jogos como mandante, o Rubro-Negro definiu o estádio de Edson Passos, em Mesquita, como sua casa. O Botafogo tem como opções, além de São Januário, o Caio Martins, em Niterói.

Já o Tricolor, inicialmente, escolheu o Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, no entanto, imbróglios com a federação poderão forçar o clube a mudar de local.

Moacyrzão, em Macaé, e Moça Bonita, em Bangu, também deverão ser bastante utilizados. O último, no entanto, ainda precisa de uma liberação do Corpo de Bombeiros para receber os grandes, fato, inclusive, que fez mudar a partida entre Bangu e Botafogo para São Januário.

América de volta

Na linha das gratas novidades está o retorno do América, o chamado "segundo time de todo carioca", após quatro temporadas longe da Primeira Divisão.  O Alvirrubro contará com velhos medalhões conhecidos para tentar voltar aos seus bons tempos de conquistas.

A abertura do Campeonato Carioca neste sábado, às 17h (de Brasília), terá Bangu x Botafogo (São Januário); Portuguesa x Tigres (Luso-Brasileiro) e Friburguense x Macaé (Eduardo Guinle). Às 19h30 (de Brasília), o Flamengo recebe o Boavista em Edson Passos.

No domingo, a competição segue às 17h (de Brasília) com Vasco x Madureira (São Januário) e Bonsucesso x Resende (Luso-Brasileiro). Às 19h30 (de Brasília), terão Volta Redonda x Fluminense (Raulino de Oliveira) e Cabofriense x América (Correão).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos