Fla estreia no Carioca fortalecido após vencer desafeto nos bastidores

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    Muricy Ramalho comanda treino do Flamengo antes da estreia no Campeonato Carioca

    Muricy Ramalho comanda treino do Flamengo antes da estreia no Campeonato Carioca

Fortalecido após a aprovação da Primeira Liga pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), o Flamengo estreia no Campeonato Carioca neste sábado (30) ainda celebrando a vitória nos bastidores sobre o presidente da Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), Rubens Lopes. Às 19h30 (de Brasília), o Rubro-negro recebe o Boavista no estádio Giulite Coutinho, em Édson Passos.

Se o planejamento inicial era optar por um elenco alternativo no Estadual, o Flamengo o alterou após um pedido da TV Globo (detentora dos direitos de transmissão) e também com a aprovação da Primeira Liga pela entidade que comanda o futebol nacional.

O Rubro-negro priorizará o novo torneio, mas não deixará o Carioca de lado. Foram meses de discussão e ameaças de batalhas sem fim na Justiça. Com a realização da primeira rodada da Liga, a CBF reconheceu a importância da competição, feito compartilhado pela Ferj através de nota oficial assinada pelo presidente Rubens Lopes.

A vitória do Flamengo sobre o desafeto foi celebrada internamente. O mandatário Eduardo Bandeira de Mello não escondeu a satisfação pelo reconhecimento da Primeira Liga e evitou alfinetar Rubinho.

"Estamos felizes. Vimos que as entidades entenderam que o nosso desejo não prejudicava ninguém. Faremos um torneio composto de jogos amistosos, sem conflitos de datas. Temos que comemorar. Não é hora de ficar vendo quem venceu. É a oportunidade de fazer o melhor campeonato possível. Trataremos de forma séria até o final", comentou.

Vitorioso na polêmica batalha, o Flamengo chega com moral para mandar os jogos de médio porte do Carioca em Édson Passos. O técnico Muricy Ramalho considera que o time precisa rodar e por enquanto escalará o que tem de melhor.

As dúvidas estão apenas sobre Emerson Sheik e Gabriel. Ambos não treinaram na última sexta-feira (29) e fizeram apenas um trabalho regenerativo. Chiquinho e Marcelo Cirino foram escalados na equipe titular. Mancuello, Cuéllar e Alan Patrick ainda não foram inscritos na competição e estão fora de combate.

"Vamos ter dificuldades e precisamos superá-las. Se a gente quiser ser campeão e coisas maiores, temos que começar a vencer a partir da estreia. Iniciamos a temporada pensando em títulos. Não pode ser diferente no Flamengo. Independente da competição, quero jogar e ganhar", encerrou o goleiro Paulo Victor.

FLAMENGO X BOAVISTA

Data/hora: 30/01/2016, às 19h30 (de Brasília)
Local: Édson Passos, em Mesquita (RJ)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone e Diogo Carvalho Silva

Flamengo
Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Chiquinho (Gabriel); Everton, Marcelo Cirino (Emerson Sheik) e Guerrero
Técnico: Muricy Ramalho

Boavista
Vinícius; Nerylon, Anderson Luís, Vitor e Davi; Douglas Pedroso, Maranhão, Thiaguinho, e Guilherme Costa; Matheus Paraná e Leandrão
Técnico: Rodrigo Juliano

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos