Muricy diz que Fla pecou em não matar jogo e absolve Wallace após empate

Do UOL, no Rio de Janeiro

O técnico Muricy Ramalho aprovou com ressalvas a atuação do Flamengo no empate por 1 a 1 frente ao Boavista neste sábado (30). O comandante gostou do que viu, mas reconheceu que o Rubro-negro não traduziu a superioridade em gols. Apesar das vaias da torcida, o treinador absolveu Wallace pelo lance que resultou no gol adversário e até o elogiou.

"Tivemos mais uma vez a posse de bola alta, mas fisicamente sentimos bastante. Gostei do primeiro tempo. Criamos muitas oportunidades e não matamos o jogo. Pecamos na finalização. Mostrou que o time joga muito em direção ao gol e quase não sofre em contragolpes. Eles jogaram por uma bola e acharam o gol. São coisas do futebol", afirmou.

O Flamengo teve oportunidades para garantir o resultado ainda no primeiro tempo, mas não aproveitou. Aos 31min da segunda etapa, Leandrão escorou cruzamento para marcar o gol de empate. O capitão Wallace estava na jogada, mas não a neutralizou. Foi o suficiente para que a torcida o perseguisse até o final da partida.

Questionado sobre o clima do jogador no clube, Muricy Ramalho o elogiou e considerou normal o lance que resultou no tento do Boavista.

"A nossa dupla de zaga está jogando muito bem. Foi assim mais uma vez. Um lance de linha de fundo, não é culpa do zagueiro. Méritos do adversário. É difícil marcar essa jogada", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos