Topo

Carioca - 2019


Sobrecarga! Má fase do Flu aumenta peso sobre Diego Souza em reestreia

NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.
Diego Souza foi apresentado oficialmente pelo Fluminense na semana passada Imagem: NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.

Do UOL, no Rio de Janeiro

2016-02-03T06:00:00

03/02/2016 06h00

De incógnita como promessa à solução. Revelado no clube, Diego Souza mudou de status em comparação ao seu início e foi contratado a peso de ouro para ser o camisa 10 do Fluminense. Agora, carrega o peso de uma responsabilidade ainda maior sobre sua estreia em função do início ruim da equipe na temporada.

Até o momento, o Tricolor ainda não venceu em 2016. Pela Florida Cup, o time acumulou uma derrota para o Internacional (1 a 0) e um empate contra o Shakhtar Donetsk-UCR (1 a 1). No Campeonato Carioca, o Flu começou com o pé esquerdo perdendo por 3 a 1 para o Volta Redonda.

Ansioso para ter sua principal contratação em campo, o clube, no entanto, ainda esbarra nas burocracias da compra junto ao Metalist (UCR), o que deixa Diego Souza com chances remotas de atuar nesta quarta-feira, contra o Bonsucesso, no estádio Raulino de Oliveira. Sua provável estreia será dia 11 de fevereiro, contra o Madureira.

Embora oficialmente ainda não tenha jogado, Diego Souza participou de forma discreta das partidas da Flórida Cup, consideradas amistosas e sem obrigações burocráticas de documentação.

O meia retornou às Laranjeiras após dez anos por um pedido do técnico Eduardo Baptista, com quem trabalhou ano passado no Sport, onde se destacou na temporada.