Sobrecarga! Má fase do Flu aumenta peso sobre Diego Souza em reestreia

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.

    Diego Souza foi apresentado oficialmente pelo Fluminense na semana passada

    Diego Souza foi apresentado oficialmente pelo Fluminense na semana passada

De incógnita como promessa à solução. Revelado no clube, Diego Souza mudou de status em comparação ao seu início e foi contratado a peso de ouro para ser o camisa 10 do Fluminense. Agora, carrega o peso de uma responsabilidade ainda maior sobre sua estreia em função do início ruim da equipe na temporada.

Até o momento, o Tricolor ainda não venceu em 2016. Pela Florida Cup, o time acumulou uma derrota para o Internacional (1 a 0) e um empate contra o Shakhtar Donetsk-UCR (1 a 1). No Campeonato Carioca, o Flu começou com o pé esquerdo perdendo por 3 a 1 para o Volta Redonda.

Ansioso para ter sua principal contratação em campo, o clube, no entanto, ainda esbarra nas burocracias da compra junto ao Metalist (UCR), o que deixa Diego Souza com chances remotas de atuar nesta quarta-feira, contra o Bonsucesso, no estádio Raulino de Oliveira. Sua provável estreia será dia 11 de fevereiro, contra o Madureira.

Embora oficialmente ainda não tenha jogado, Diego Souza participou de forma discreta das partidas da Flórida Cup, consideradas amistosas e sem obrigações burocráticas de documentação.

O meia retornou às Laranjeiras após dez anos por um pedido do técnico Eduardo Baptista, com quem trabalhou ano passado no Sport, onde se destacou na temporada. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos