Eduardo Baptista comemora desempenho de zaga: "tem que dar continuidade"

Do UOL, em São Paulo

O Fluminense foi criticado no início do ano pelo desempenho abaixo do esperado, em especial no sistema defensivo. Vindo de um empate por 3 a 3 com o Madureira, o clube tricolor mostrou solidez neste domingo, na goleada por 4 a 0 sobre o Tigres pelo Campeonato Carioca. O técnico Eduardo Baptista avaliou qual foi o motivo da melhora da retaguarda de um jogo para o outro.

"Repetição. Hoje foi o segundo jogo (da dupla Marlon e Henrique), a zaga você tem que dar continuidade, entrosamento. Pierre e Cícero também", comentou em entrevista coletiva após o jogo, citando também a dupla de volantes.

O técnico gostou em especial da apresentação dos dois zagueiros, que permitiram que Diego Cavalieri tivesse uma noite de pouco trabalho em Volta Redonda. "Equilibrada, eles tiveram papel importante hoje. Pudemos treinar somente ontem à tarde. Havia o desgaste do jogo anterior. É uma dupla muito inteligente. Marlon muito rápido, Henrique bastante posicional", comentou.

No Grupo A do Campeonato Carioca, o Fluminense só possui uma defesa superior à da lanterna Portuguesa-RJ e da sexta colocada Cabofriense. O time treinado por Eduardo Baptista tem chamado atenção pela inconstância defensiva no Estadual, pois sofreu três gols contra Volta Redonda e Madureira, mas passou em branco diante do Bonsucesso e do Tigres.

O técnico deve repetir a mesma formação na próxima partida do clube, que será contra o Cruzeiro, no Mineirão, pela Primeira Liga. Os cariocas terão dois dias de preparação até o confronto, marcado para a próxima quarta-feira (17).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos