Eurico sobre banheiro quebrado por torcida em SJ: 'O Flamengo vai pagar'

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Bruno Braz / UOL Esporte

    Em cena rara, Eurico vai à social e puxa o tradicional grito de 'casaca' após o jogo

    Em cena rara, Eurico vai à social e puxa o tradicional grito de 'casaca' após o jogo

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, fez questão de conceder entrevista coletiva após a vitória de seu clube sobre o rival Flamengo, por 1 a 0, neste domingo. Ainda eufórico, ele não deixou barato o prejuízo causado pela torcida rubro-negra no banheiro dos visitantes, onde portas e sanitários foram quebrados.

De acordo com o dirigente, o clube da Gávea terá que arcar com os prejuízos causados por seus fãs.

"O Flamengo vai pagar. Isso já estava definido previamente na ata da partida. Lá constava que qualquer prejuízo que fosse constatado ter sido feito pela torcida do Flamengo, eles teriam que pagar", declarou o mandatário.

Porém, antes mesmo de Eurico dar tal declaração, a diretoria do Flamengo, através de sua assessoria de imprensa, já havia informando que se comprometeria a pagar caso seja constatado que o quebra-quebra partiu da torcida rubro-negra.

Questionado sobre sua reação após a vitória, Miranda foi sucinto:

"Acendi um charuto. Depois de um gol desses, aos 45 minutos, tive que acender um charuto. Estou até com algumas limitações e estou tentando fumar menos, mas hoje tive que fumar um charuto".

Logo após o apito final, numa cena rara, Eurico deixou sua sala da presidência, onde acompanha as partidas, e foi até à social puxar o tradicional grito de "casaca". 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos