Celular no campo e transmissões ao vivo: Nenê é o ídolo conectado do Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Site oficial do Vasco

    Nenê é viciado em redes sociais e já tomou até "puxão de orelhas" de Jorginho por isso

    Nenê é viciado em redes sociais e já tomou até "puxão de orelhas" de Jorginho por isso

Há seis meses no Vasco, Nenê já reconhece seu status de ídolo e tem feito por onde para tentar retribuir o carinho. Viciado em tecnologia, ele usa e abusa das redes sociais para se comunicar com os torcedores vascaínos. Transmissões ao vivo, postagens e sorteios fazem parte da rotina do meia, que até já levou um "puxão de orelhas" do técnico Jorginho pelo excesso.

Na vitória sobre o Flamengo domingo passado, por exemplo, ele sacou um celular após o jogo ainda no campo e filmou a festa da torcida. Logo depois, postou a gravação na internet e até teve o vídeo reproduzido em alguns programas de TV.

Em duas oportunidades, também surpreendeu a quem estava conectado no Facebook. Sem um aviso prévio, ele surgiu ao vivo através da ferramenta "Mentions" e interagiu com os fãs. A primeira vez foi direto da concentração, um dia antes da estreia no Campeonato Carioca. Respondeu perguntas, mostrou os bastidores e revelou um ambiente descontraído com os atacantes Jorge Henrique e William Barbio.

A segunda, no entanto, gerou uma reprimenda. Na parte final do treino, ele levou o celular até o gramado de São Januário e filmou o treinamento de faltas, onde o próprio participou, além do zagueiro Rodrigo. O episódio motivou uma reunião com todo o elenco antes do clássico com o Flamengo onde participaram a comissão técnica e o gerente de futebol Isaías Tinoco. Nela, ficou determinado que não será tolerado abusos nas redes sociais, principalmente em relação à divulgação dos bastidores da equipe.

 

Treino

 

 

 

 

 

 

 

 

2

Publicado por Nenê - Officiel em Terça, 9 de fevereiro de 2016

"Ele sabe muito bem que eu não gosto. É expor demais as coisas nossas. Tem momentos, como depois do jogo, de alegria, aí vai e posta. Até porque aquele (contra o Fla) foi mesmo um momento marcante, um momento excepcional da nossa torcida. Terminar um jogo com um gol daquele, do Rafael Vaz, vindo do banco, foi um momento especial que pode mostrar. Mas mostrar falta, treino, de jeito nenhum, está proibido", declarou Jorginho ao Sportv.

Já ciente das restrições, Nenê segue interagindo com seus fãs. Na última semana, ele atingiu a marca de 400 mil seguidores no Facebook e, para celebrar, anunciou o sorteio de sua camisa do Vasco e um par de chuteiras dele. Para concorrer, bastava deixar um comentário. Até o momento, já há quase 20 mil mensagens.

Ambientado em São Januário, o meia admite que o carinho dos vascaínos pesou para sua permanência.

"Estou de bem com a vida, estou feliz. Tenho certeza de que tomei a decisão certa. Mesmo tendo muita procura e muitas especulações com o meu nome. Pela maneira como eu fui recebido e tratado por todos, comecei a botar na balança tudo: o que eu representava para o clube em tão pouco tempo, o carinho, a intensidade com que eles queriam que eu continuasse desde quando eu cheguei... Eu já tenho uma carreira consolidada, então não preciso disputar uma Libertadores", declarou ao Sportv em alusão ao fato de ter recebido propostas de Atlético-MG e Grêmio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos