Flu pediu para torcida não boicotar Carioca, mas é quem mais perde dinheiro

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.

    Jogos do Fluminense no Carioca têm sido uma verdadeira decepção e geram prejuízo ao clube

    Jogos do Fluminense no Carioca têm sido uma verdadeira decepção e geram prejuízo ao clube

Em briga com a Ferj, o Fluminense iniciou a disputa do Carioca com um claro apelo: pediu para que os torcedores não boicotassem a competição. De nada adiantou. Após as quatro primeiras rodadas do Carioca, o Tricolor é o time que teve maior prejuízo com bilheteria entre os quatro grandes no campeonato. Até agora, o clube das Laranjeiras soma uma dívida de R$ 190.275,75, média de R$ 47.568,93 por cada duelo no Estadual do Rio.

O cenário atual era, antes do início do Carioca, o maior medo da diretoria do Fluminense. Ao mesmo tempo, o clube colhe o que plantou por desvalorizar a competição em tantas oportunidades, não há como negar. Ficou sem saída após um pedido da TV Globo para que utilizasse força máxima no Estadual. Acatou o pedido, mas teve que lidar com o desinteresse do torcedor.

A realidade é que os torcedores do Fluminense compraram a briga da diretoria contra a Ferj. Não está nem um pouco interessada no Campeonato Carioca. Ainda mais com o início irregular do Tricolor na competição. Prevendo esse tipo de atitude, o clube pediu para que os tricolores fossem ao estádio, o que evitaria o prejuízo. De nada adiantou.

"Para mim, é uma pena. Diante desse cenário atual, sem o Maracanã e com esses conflitos políticos envolvendo o futebol do Rio, essa redução da média de público já era esperada. As polêmicas sempre influenciam negativamente. Mas lamentamos profundamente que isso ocorra", lamentou o presidente do Fluminense, Peter Siemsen, ao Lance!.

Quem vive situação parecida com a do Fluminense é o Botafogo, outro grande do Rio que tem se endividado neste início de Campeonato Carioca. Após o fim da quarta rodada, o Alvinegro tem  R$ 161.106,39 de prejuízo, o que representa R$ 40.276,59 de dívida por partida no Estadual.

Flamengo e Vasco, por outro lado, estão lucrando nesse início de Estadual. O Rubro-negro somou R$ 180.748,21 nos quatro primeiro jogos – R$ 44.483,50 por jogo. Já o Cruzmaltino levou um pouco menos que o rival:  R$ 137.029,15, ou R$ 34.257,28 por partida no Campeonato Carioca.

Curiosamente, quem mais lucra com renda no Estadual do Rio é justamente a Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro). Após quatro rodadas, a federação somou  R$ 177.934,50 com todos os jogos da competição até o momento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos