Após vitória, Muricy já cogita se mudar com Flamengo pra Brasília

Do UOL, em São Paulo

Depois da vitória sobre o Fluminense neste domingo (2 a 1), o técnico do Flamengo Muricy Ramalho cogitou fazer do estádio Mané Garrincha, em Brasília, a casa da equipe até outubro. É nesse mês que os estádios do Rio (Engenhão e Maracanã) poderão voltar ser usados depois de servirem aos Jogos Olímpicos.

"Eu acho que temos que achar uma casa", afirmou o treinado quando questionado sobre o ambiente do Mané Garrincha, pela primeira vez palco de um Fla-Flu do Carioca.

"O presidente está aqui. Vamos ter que nos reunir pra achar um lugar", disse Muricy. "Sei que é muito importante a parte econômica, mas esse negócio de ficar de lá pra cá não dá. Se a casa for aqui pode funcionar. Os campeonatos são muito difíceis, principalmente o Brasileiro, então tem que achar um lugar, não dá pra ficar pulando."

Sem poder usar os estádios da capital carioca por conta das Olímpiadas, o Flamengo, o Fluminense e o Botafogo têm mandado seus jogos no interior do Estado ou, como no caso deste domingo, fora dele.

A diretoria do Flamengo tem sonhado em fazer bastante jogos como mandante em outras capitais para conseguir boas rendas e aliviar seus problemas financeiros. Mas Muricy, apesar de destacar a importância da "parte econômica", prefere que o time se fixe em apenas um lugar, para evitar o desgaste de muitas viagens.

Na próxima partida, a equipe terá de viajar até Macaé e no outro fim de semana a Volta Redonda, no interior do Rio.

A intensa rotina de viagens foi classificada por ele como um "sério problema" que pode afetar o desempenho dos atletas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos