"Clássico da amizade" é marcado por brigas entre torcidas de Bota e Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Vitor Silva /Botafogo.com.br

    Torcida do Botafogo causou problemas do lado de fora de São Januário

    Torcida do Botafogo causou problemas do lado de fora de São Januário

Famoso por seu clima pacífico entre as torcidas, o jogo entre Botafogo e Vasco, neste domingo (28), em São Januário, não fez jus ao apelido de "clássico da amizade". Do lado de fora do estádio, focos de confusão marcaram a partida, válida pela 7ª rodada do Campeonato Carioca.

O principal tumulto aconteceu na rua General Almério de Moura, que fica isolada para os vascaínos e onde se situa a entrada do setor social. Membros de organizadas botafoguenses furaram o bloqueio policial e entraram em confronto com os cruzmaltinos. A PM, no entanto, agiu rápido e conteve a briga utilizando gás de pimenta, o que causou mal estar em algumas pessoas, principalmente idosos.

Em seguida, os alvinegros reagiram à ação da polícia e atiraram garrafas de vidro. Ninguém, no entanto, ficou ferido. Outros registros de tumulto aconteceram na rua São Januário, que dá acesso ao setor dos visitantes.

Torcedores comuns, porém, mantiveram o tradicional clima de paz e diversos vascaínos foram vistos ao lado de botafoguenses em clima ameno.

Diferentemente do clássico entre Vasco e Flamengo, a rua do setor dos visitantes estava com seus bares abertos, o que aliviou os alvinegros do forte calor no Rio de Janeiro, que chegou a atingir os 40 graus durante a tarde. Na ocasião dos rubro-negros, a falta de venda de água e cerveja causou revolta nos torcedores.

Com muitas dissidências em suas organizadas, as torcidas de Botafogo e Vasco, atualmente, divergem na questão da união entre elas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos