Flu testa comissão técnica 'caseira' em momento crítico do Carioca

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.

Com a demissão de Eduardo Baptista, o Fluminense terá que apostar na sua formação de profissionais para conquistar a classificação do Campeonato Carioca. Se pensou nos atletas, você está enganado. Além de jogadores, o Tricolor tem também o objetivo de revelar treinadores e outras funções ligada ao futebol. E chegou a vez de o clube testar uma comissão técnica 'caseira'.

Com exceção de Marcão, que foi contratado em 2014 para ser auxiliar técnico permanente do Tricolor, o restante da comissão técnica teve passagens pelas categorias de base de Xerém.  E juntos eles têm uma missão complicadíssima pela frente. Classificar o Fluminense para a próxima fase do Carioca.

Atualmente o Fluminense até se encontra na quarta colocação do Grupo A, que o garante na próxima fase. O problema é que a crise na qual o time se encontra deixa o ambiente nada favorável. O Tricolor precisa de uma vitória e um empate nos dois jogos restantes para avançar para segunda fase sem precisar de outros resultados.

"Se a coisa estivesse boa, o Marcão não estaria aqui", disse Marcão em uma das primeiras respostas em sua coletiva de imprensa no Fluminense. "A cobrança é diária aqui. Olho a tabela... estamos na zona de classificação, mas ameaçados de não passar de fase. É um risco. O jogo será decisivo. Vamos fazer o melhor. A rapaziada vai se dedicar, vamos jogar pela nossa família, pelo nosso torcedor. É hora de o Flu entrar no Carioca", completou o técnico interino.

Para a partida desta quarta-feira, o Fluminense não poderá contar com Fred. O atacante sentiu uma lesão na coxa direita e ficará fora de combate por três semanas. Com isso, Marcão armou o time da mesma maneira que obteve a melhor atuação no ano: na vitória sobre o Cruzeiro, no Mineirão. Na oportunidade, Diego Souza jogou mais adiantado e teve grande desempenho.

Marlon, Giovanni e Edson ganharam posição na equipe titular. O primeiro fará dupla de zaga com Henrique, enquanto o segundo reassume a vaga, que estava sendo ocupada por Gustavo Scarpa, improvisado. Já o volante, atuará ao lado de Cícero e Pierre no meio de campo.

FRIBURGUENSE X FLUMINENSE

Data e hora: 02/03/2016, quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília)
Local: Estádio Eduardo Guinle, em Friburgo (RJ)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá
Auxiliares: Silbert Fariam Sisquim e Michael Correa

Friburguense
Marcos; Sérgio Gomes, Pierre, Diego Guerra e Flavinho; Bidu, Vitinho, Gleison e Jorge Luiz; Maycon e Rômulo. Técnico: Gérson Andreotti.

Fluminense
Diego Cavalieri; Wellington Silva, Henrique, Marlon e Giovanni; Pierre, Edson, Cícero, Gustavo Scarpa e Marcos Junior; Diego Souza. Técnico: Marcão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos