Magno Alves ressurge no Flu e recupera status de 'reserva de Fred'

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

Magno Alves foi contratado para ser reserva de Fred no Fluminense. O jogador, no entanto, não teve bom rendimento e foi preterido. Muitas vezes sequer foi relacionado para o banco de reservas ou quando entrava não correspondia às expectativas. Isso ficou no passado. Nos últimos dois jogos, o Tricolor ganhou por 1 a 0 com gols do Magnata no segundo tempo, após entrar no decorrer das partidas.

Coincidentemente, o bom rendimento ocorreu após a saída de Eduardo Baptista, que havia perdido a confiança no experiente atacante de 40 anos. A mesma confiança permaneceu no auxiliar e técnico interino Marcão. Diante de Friburguense e América, os dois, que jogaram juntos pelo Tricolor, cumpriram o objetivo e classificaram o Fluminense para a Taça Guanabara, a segunda fase do Campeonato Carioca.

"Foi um das coisas que destacamos neste período, o grupo. Os jogadoers vão dar o máximo durante todo o tempo em que estiverem em campo, seja 90 minutos ou um minuto. O Magno foi brilhante. Em duas situações ele entrou, nos ajudou, e quem saiu vitorioso foi o Fluminense", disse Marcão, que já passou o bastão para o novo treinador Levir Culpi.

Além de Magno Alves, Marcão aproveitou os dois jogos a frente do Fluminense para trazer atletas em baixa para o time titular. Marlon e Edson são os demais exemplos. Somente os dois últimos viraram titulares, mas os minutos que o experiente atacante recebeu foram suficiente para reconquistar seu espaço no elenco. E no coração dos torcedores.

"Foi importante. Nós sabemos do potencial deste grupo, e naquele momento [após a demissão de Eduardo Baptista] achamos importante trazer as pessoas que, de alguma forma, ainda não tinham encaixado. E eles foram muito profissionais, entenderam a mensagem. O Edson voltou muito forte e estava sentindo um desconforto desde o primeiro tempo, mas foi até o final. O Marlon, que tem uma qualidade absurda... o Magno, que dispensa comentários. Sou amigo dele, nossas famílias são amigas. Não tinha dúvida de que se ele entrasse, a bola que ele tiver ele vai colocar para dentro. Não dá para você passar uma recomendação para o Magno, apenas "Vai com alegria, vai feliz". E foi desse jeito. Ele foi leve, feliz", afirmou Marcão.

Após as duas vitórias, o Fluminense volta a ter Marcão apenas como auxiliar técnico. Levir Culpi assume a equipe nesta segunda-feira, quando será apresentado oficialmente e concederá entrevista coletiva. Em seguida, comandará o primeiro treinamento, provavelmente sem os jogadores que foram titulares no último domingo, contra o América.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos