Clubes fecham negócio, mas Ferj analisa Fla-Flu pela Taça GB no Pacaembu

Vinicius Castro*

Do UOL, no Rio de Janeiro

Flamengo e Fluminense tiveram uma surpresa desagradável nesta quinta-feira (10). Os clubes fecharam acordo para que o clássico do dia 20 de março, válido pela Taça Guanabara, fosse disputado no estádio do Pacaembu, em São Paulo. No entanto, a Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) analisa o pedido e a possibilidade de veto é considerável. Caso se confirme, o plano B é a Arena das Dunas (Natal).

Os clubes desejavam realizar um Fla-Flu histórico na capital paulista. Eles conseguiram o apoio da mesma empresa que levou os últimos jogos para Brasília. Cada um receberia cota em torno de R$ 700 mil. A logística também seria facilitada pela ponte aérea.

A Ferj informou aos clubes que transferir um jogo importante para o Pacaembu fortaleceria a FPF (Federação Paulista de Futebol). A entidade deixou claro que a preferência é a de que as partidas do Campeonato Carioca sejam transferidas apenas para praças com um futebol menos desenvolvido. 

Procurada pela reportagem do UOL Esporte, a Ferj disse ter conhecimento do pedido da dupla Fla-Flu e que uma decisão será tomada até sexta-feira (11).

O comando da entidade está sob a responsabilidade de Izamilton Gois, um dos vices e conselheiro do Flamengo. Ele assumiu justamente nesta quinta, quando o período de afastamento do presidente Rubens Lopes se iniciou.

Rubro-negro e Tricolor ainda não sabem o local do clássico pela 2ª rodada da Taça Guanabara. A Ferj indica o Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, como o estádio escolhido. Mas este definitivamente não é o desejo dos clubes.

* Colaborou Rodrigo Mattos

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos