Jorge Henrique desencanta e Vasco estreia com vitória na Taça Guanabara

Do UOL, em São Paulo

O Vasco estreou bem na Taça Guanabara, como é chamada a segunda fase do Campeonato Carioca de 2016. Jorge Henrique fez seu primeiro gol na temporada após oito jogos de jejum e Luan fechou o placar na vitória por 2 a 0 sobre o Bangu, neste domingo, em São Januário.

O time cruzmaltino dominou amplamente a partida, e o goleiro Martín Silva - homenageado por seus 100 jogos com a camisa do Vasco antes do jogo - mal teve trabalho.

Do outro lado, pelo contrário, o goleiro Célio Gabriel foi o destaque do jogo ao fazer excelentes defesas e evitar uma goleada vascaína.

Na próxima rodada da Taça Guanabara, o Vasco, agora com 3 pontos, visita o Boavista. Já o Bangu volta a jogar fora de casa, contra o Volta Redonda. Os quatro primeiros colocados avançam para as semifinais do Carioca.

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 x 0 BANGU

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 13/03/2016
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha

Cartões amarelos: Jorge Henrique (Vasco); Júnior e Magno (Bangu)
Gols: Jorge Henrique, aos 22 minutos do primeiro tempo, e Luan, aos 31 minutos do segundo tempo

Vasco: Martín Silva; Madson, Rodrigo, Luan e Júlio César; Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho (Matheus Índio) e Nenê; Jorge Henrique (Matheus Vital) e Thalles (Caio Monteiro).
Técnico: Jorginho

Bangu: Célio Gabriel; Paulo Barrach (Igor), Anderson Penna, Marlon e Guilherme; Magno, Júnior, Ives e Almir; Giovanni Carioca (Magnum) e Thiago Barreiros (William Amendoim).
Técnico: Emanoel Sacramento

Fases do jogo

  • Primeiro tempoO Vasco dominou a primeira etapa do início ao fim, acuando o Bangu no campo de defesa e criando várias chances de gol. Logo no primeiro minuto, o goleiro Célio Gabriel fez ótima defesa em cabeçada de Jorge Henrique - mas o atacante vascaíno chegou às redes aos 22, completando cruzamento rasteiro de Madson. O Bangu não conseguiu responder à superioridade cruzmaltina, nem ameaçar Martín Silva. No fim, o Vasco ainda teve duas ótimas oportunidades de ampliar, mas parou em Célio: primeiro em cabeçada de Rodrigo, depois em finalização de Nenê.
  • Segundo tempoNão mudou muita coisa após o intervalo: o Vasco seguiu mandando no jogo e criando chances, mas parando em Célio Gabriel. William Amendoim entrou no ataque do Bangu para tentar jogadas individuais, mas Martín Silva seguiu apenas como espectador da partida. Jorge Henrique teve a chance de fazer seu segundo no jogo aos 16, mas o chute à queima-roupa foi defendido por Célio. Apesar do controle, a torcida cruzmaltina só respirou aliviada aos 31, quando Luan desviou para o gol uma cabeçada de Rodrigo e ampliou a vantagem no placar. Nenê ainda acertou a trave no fim após boa jogada individual.

Destaques

  • Não é de fazer gol?Jorge Henrique declarou durante a semana que não é de fazer muitos gols, mas tem um papel tático importante no time. Não deu outra: neste domingo, gol do camisa 11.
  • 100 vezes Martín SilvaO goleiro Martín Silva recebeu uma placa e uma camisa personalizada do presidente Eurico Miranda pelos seus 100 jogos pelo Vasco, completados na rodada passada, contra o Bonsucesso.

Melhor

  • Célio Gabriel, BanguApesar da derrota, o goleiro do Bangu foi o destaque individual do jogo e impediu uma goleada do Vasco

Pior

  • Julio dos Santos, VascoFoi o ponto fraco do técnico meio-campo vascaíno, errando passes, dando espaço na marcação e tomando até caneta de Almir

Melhores notas

  • Vasco
  • Bangu
Avaliação
dos usuários
do Placar UOL
2
10,0
Martin Silva
5
6,0
Giovanni
 
6
10,0
Nenê
3
4,7
Paulo Barrach

Próximos Jogos - Vasco

  1. Fluminense FLU
    Vasco VAS
  2. Vasco VAS
    Grêmio GRE
  3. Corinthians COR
    Vasco VAS
  4. Sport SPT
    Vasco VAS

UOL Cursos Online

Todos os cursos