Fla sai aos gritos de "time sem vergonha". Vizeu fala em "levantar cabeça"

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

A paciência da torcida do Flamengo, definitivamente, se esgotou. Após a derrota para o Volta Redonda por 1 a 0, na noite deste sábado, no estádio Raulino de Oliveira, os rubro-negros cantaram em alto e bom o som o tradicional grito de "time sem vergonha".

Do lado de fora, alguns membros de organizadas se posicionaram no portão de saída do ônibus e gritaram palavras de ordem e músicas como "acabou o amor" e "quero meu Flamengo de volta".

Cabisbaixos, os jogadores não apresentaram muitas explicações na saída de campo, e o jovem atacante Felipe Vizeu, que perdeu uma chance clara no segundo tempo, falou em "levantar a cabeça".

"Temos que levantar a cabeça e trabalhar porque tem muita coisa pela frente", disse ao Sportv.

Com o resultado, o Flamengo chega ainda mais pressionado para o clássico com o Vasco, na próxima quarta-feira, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

"Sabemos da importância de ganhar os jogos, mas temos que pensar no trabalho, não tem jeito. É focar no próximo jogo. Sabemos da importância e agora é manter o foco no treinamento para fazermos uma boa partida", declarou.

Com a derrota, o Rubro-Negro estacionou nos quatro pontos na tabela da Taça Guanabara e pode sair da zona de classificação dependendo dos resultados da rodada neste domingo.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos