No duelo dos invictos, Vasco vence o Botafogo e se isola na liderança

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

A invencibilidade no Campeonato Carioca agora é única e pertence ao Vasco. Num clássico disputado em São Januário neste domingo, o Cruzmaltino venceu o Botafogo por 1 a 0 com gol de Thalles e se isolou na liderança da Taça Guanabara.

Com o resultado, o time de Jorginho chegou ao 16º jogo sem derrota. Já o Alvinegro, que foi o primeiro colocado geral da fase anterior, perdeu a sua primeira na temporada.

Há mais de dois anos o Vasco não sabe o que é ser derrotado pelo Botafogo. Na próxima quarta-feira, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), os cruzmaltinos têm outro clássico, deste vez contra o Flamengo, rival onde também vem tendo uma supremacia, já que não perde há um ano para o Rubro-Negro.


VASCO 1 X 0 BOTAFOGO
Local:
São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 16h (Horário de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá
Auxiliares: Luiz Cláudio Regazone e Diogo Carvalho Silva
Renda e público: R$ 232.590,00 / 7.314 presentes e 6.483 pagantes
Cartões amarelos: Rodrigo, Thalles, Jorge Henrique, Jordi, Julio dos Santos (VAS); Airton, Diego (BOT)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Thalles, aos 25 minutos do primeiro tempo (VAS)

Vasco
Jordi, Madson (Yago Pikachu), Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Bruno Gallo), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique (Caio Monteiro) e Thalles
Técnico: Jorginho

Botafogo
Jefferson, Diego, Carli, Emerson (Renan Fonseca) e Diogo; Airton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso (Gervásio Nuñes) e Gegê (Neílton); Salgueiro e Ribamar
Técnico: Ricardo Gomes
 

Fases do jogo

  • Primeiro tempoCom fortes sistemas de marcação, Vasco e Botafogo fizeram um primeiro tempo truncado. O Alvinegro tinha mais posse de bola, mas o Cruzmaltino levava mais perigo nos contra-ataques. Foi num desses que Nenê deu um lindo passe de primeira para Thalles, que fuzilou da intermediária e abriu o placar. O Botafogo chegou a balançar a rede também, mas o árbitro assinalou impedimento de Ribamar em lance duvidoso.
  • Segundo tempoAtrás no placar, o Botafogo voltou para o segundo tempo pressionando o Vasco. O Alvinegro teve ao menos duas grandes oportunidades para empatar, ambas na jogada aérea. Na primeira, Emerson cabeceou no travessão. Na segunda, Bruno Silva subiu livre e cabeceou para fora. No fim do jogo, o Cruzmaltino ainda teve a chance de ampliar num contra-ataque rápido em que Andrezinho invadiu a área e Jefferson fez boa defesa.

Destaques

  • Na pazDiferentemente da partida da primeira fase, onde uma grande pancadaria aconteceu do lado de fora de São Januário, o clima do Vasco x Botafogo deste domingo foi de paz. Vascaínos e alvinegros conviveram harmoniosamente dentro e fora do estádio.
  • Tira a camisa!Empolgado com o gol marcado sobre o Botafogo, o jovem atacante Thalles tirou a camisa e acabou recebendo cartão amarelo.

Repercussão

  • Thalles, sobre ter tirado a camisa no gol"Me empolguei um pouco. Sabendo da importância do jogo, me empolguei. Não era para ter tirado, mas é coisa que acontece".

Próximos Jogos - Vasco

  1. Bahia BAH
    Vasco VAS
  2. Fluminense FLU
    Vasco VAS
  3. Vasco VAS
    Grêmio GRE
  4. Corinthians COR
    Vasco VAS
  5. Sport SPT
    Vasco VAS

Próximos Jogos - Botafogo

  1. Ponte Preta PON
    Botafogo BOT
  2. Flamengo FLA
    Botafogo BOT
  3. Bahia BAH
    Botafogo BOT
  4. Botafogo BOT
    Flamengo FLA
  5. Botafogo BOT
    Grêmio GRE

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos