Vasco vence o Madureira e garante vaga antecipada às semifinais do Carioca

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Campeonato Carioca já tem seu primeiro semifinalista. É o Vasco, que na noite deste sábado venceu o Madureira por 1 a 0 em São Januário e garantiu a liderança momentânea da Taça Guanabara.

Neste domingo, o Fluminense enfrenta o Volta Redonda e, em caso de vitória, igualará o Cruzmaltino no número de pontos e poderá ultrapassá-lo na questão de saldo de gols. Na última rodada, os rivais se enfrentaram e poderão fazer uma "final" pelo título da Taça GB.

Com o resultado positivo deste sábado, o Vasco chegou à marca de 19 jogos de invencibilidade, o que o coloca numa condição de mais de cinco meses sem derrota. O time de Jorginho tem a maior série invicta do Brasil no momento.


VASCO 1 X 0 MADUREIRA
Local:
São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 18h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos e Daniel do Espírito Santo Parro
Renda e público: R$ 139.030,00 / 4.329 pagantes e 5.112 presentes
Cartões amarelos: Marcelo Mattos, Rafael Vaz, Luan, Madson, Nenê (VAS); Daniel, Resende, Jorge Fellipe (MAD)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Nenê, aos 10 minutos do primeiro tempo (VAS)

Vasco
Martín Silva, Madson, Luan, Rodrigo (Rafael Vaz) e Henrique; Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Riascos (Diguinho) e Thalles (Eder Luis)
Técnico: Jorginho

Madureira
Rafael Santos, Formiga, Daniel, Jorge Fellipe e Ayrton; Willian Oliveira, Resende, Ryan e Leandro Chaves; João Carlos (Gustavo Onofre) e Geovane Maranhão (Arthur Faria)
Técnico: Alfredo Sampaio
 

Fases do jogo

  • Primeiro tempoNa lanterna da Taça Guanabara, o Madureira não se intimidou e foi para cima do Vasco no primeiro tempo. O Tricolor Suburbano em diversos momentos pressionou os anfitriões, mas acabou levando um gol ainda no início da etapa inicial após cruzamento da direita em que a bola desviou na zaga e sobre para Nenê que, de primeira, fez seu sétimo gol no Carioca. Os visitantes ainda tiveram a chance de empatar quando Marcelo Mattos deu um grande vacilo, recuou mal e deixou João Carlos na cara do gol. O atacante tentou driblar Martín Silva, sofreu pênalti, mas a arbitragem não deu.
  • Segundo tempo

Destaques

  • Mister MApós marcar seu gol, o meia Nenê correu em direção ao setor social de São Januário e comemorou com o torcedor folclórico "Mister M", que está presente em todos os jogos do Vasco caracterizado igual ao famoso ilusionista. No momento da celebração, o personagem chegou até mesmo a fazer uma mágica, aparecendo com sua cabeça no meio do terno.
  • Alô, juiz!No primeiro tempo, a arbitragem deixou de assinalar um pênalti claro de Martín Silva em cima do atacante João Carlos, do Madureira.

Melhores notas

  • Vasco
  • Madureira
Avaliação
dos usuários
do Placar UOL
8
10,0
Luan
5
0,0
Arthur
 
6
10,0
Nenê
4
0,0
Ayrton

Repercussão

  • João Carlos, sobre pênalti não marcado"Na hora que eu dei o corte, ele (Martín) segurou a minha blusa. Foi pênalti"

Próximos Jogos - Vasco

  1. Bahia BAH
    Vasco VAS
  2. Fluminense FLU
    Vasco VAS
  3. Vasco VAS
    Grêmio GRE
  4. Corinthians COR
    Vasco VAS
  5. Sport SPT
    Vasco VAS

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos