Ganhando e jogando mal: Vasco liga o alerta para as decisões no Carioca

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes/Vasco

    Embora tenha feito o gol da vitória sobre o Madureira, Nenê caiu de rendimento

    Embora tenha feito o gol da vitória sobre o Madureira, Nenê caiu de rendimento

Os 19 jogos de invencibilidade não iludem o Vasco. Com atuações ruins na Taça Guanabara, embora não esteja perdendo, o elenco e a comissão técnica são unânimes ao concluir que a equipe precisa melhorar seu desempenho para as decisões que tem pela frente.

No próximo domingo, o Cruzmaltino decide o título da Taça Guanabara com o Fluminense. Em seguida, terá a semifinal do Campeonato Carioca.

Técnico vascaíno, Jorginho admite a queda de rendimento:

"O meu sentimento é de responsabilidade. É minha responsabilidade fazer com essa equipe jogue melhor. Acho que a primeira partida contra o Flamengo foi nossa melhor partida. Marcamos forte, não demos nenhum espaço a eles, mantivemos a posse de bola, jogamos no campo do adversário. A comissão técnica vai estar trabalhando para voltarmos a essa situação. Precisamos voltar a jogar bem".

Na avaliação do treinador, o problema detectado é o posicionamento tático dos jogadores, que não está funcionando.

"Eu tenho absoluta certeza e convicção que isso é uma questão de movimentação tática. Quando uma equipe está bem organizada taticamente, ela corre muito menos. E isso é responsabilidade minha. Os jogadores não deixaram de correr. O grande problema é que estamos correndo errado. Estamos marcando individual ou às vezes em dupla. Fazíamos marcação alta com todos organizados. Em alguns momentos de algumas partidas perdemos isso. A preparação da minha equipe está bem. Pego essa responsabilidade para mim. Nos acostumamos com um Vasco sendo protagonista", disse. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos