Guerrero faz mais um, Flamengo vence Bangu por 3 a 0 e pega Vasco na semi

Do UOL, em São Paulo

A dupla de ataque do Flamengo funcionou na tarde deste domingo. Com gols de Marcelo Cirino e Guerrero (e um de Jorge, já nos acréscimos), o time rubro-negro venceu o Bangu por 3 a 0 no estádio Moacyrzão e garantiu vaga nas semifinais do Campeonato Carioca - encara o Vasco. O duelo foi válido pela última rodada da Taça Guanabara.

Depois de acabar com a seca de um mês sem gols na última rodada, diante do Boavista, Guerrero voltou a marcar na tarde deste domingo. Ele aproveitou vacilo do zagueiro do Bangu e balançou as redes pelo segundo jogo consecutivo. Já Marcelo Cirino, que abriu o placar, foi às redes pelo quarto jogo seguido.

O Flamengo precisava de uma vitória para não precisar depender do jogo do Volta Redonda para se classificar às semifinais. E conseguiu, apesar da apresentação ruim que gerou vaias da torcida em alguns momentos e uma enorme bronca de Muricy Ramalho na parada técnica do segundo tempo. Com o resultado, o Fla chegou aos 12 pontos e terminou a Taça Guanabara na quarta colocação, atrás de Vasco (17), Fluminense (14) e Botafogo (14).

BANGU 0 X 3 FLAMENGO

Local: Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ) 
Data: 17/04/2016 (domingo) 
Árbitro: Péricles Bassols Cortês 
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone e Diogo Carvalho Silva 
Cartões amarelos: Giovanni Carioca (Bangu); Juan (Flamengo) 
Gols: Marcelo Cirino, aos 38min do primeiro tempo; Guerrero, aos 36min, e Jorge, aos 45min do segundo tempo

BANGU
Célio Gabriel; Paulo Barrach (William Amendoim), Rafael Fernandes, Anderson Penna e Guilherme; Mauro, Júnior, Giovanni, Almir (Magno) e Magnum; Igor de Paula (Carlinhos) 
Técnico: Mário Marques

FLAMENGO
Paulo Victor, Rodinei, Juan, Wallace e Jorge; William Arão, Cuéllar, Mancuello (Chiquinho) e Alan Patrick (Ederson); Marcelo Cirino (Gabriel) e Paolo Guerrero 
Técnico: Muricy Ramalho

COMO FOI O JOGO

  • Primeiro tempoO Flamengo teve uma notícia boa antes mesmo do apito inicial no Moacyrzão: o gol do Madureira sobre o Volta Redonda, seu concorrente pela classificação às semifinais. Já com a bola rolando, o time de Muricy Ramalho tomou conta do jogo, apesar de não chegar com tanto perigo ao gol do Bangu. Mas foi justamente quando o adversário começou a crescer na partida que o Fla conseguiu abrir o placar. Em boa jogada pela direita, Rodinei tocou para Willian Arão, que cruzou na medida para Marcelo Cirino finalizar de primeira na segunda trave, de esquerda, e mandar no contrapé do goleiro, aos 38min 1 a 0. Por pouco o Bangu não foi seguiu para o intervalo em igualdade no placar, mas a cabeceada de Giovanni de quase da pequena área saiu caprichosamente à esquerda de Paulo Victor, que só ficou parado.
  • Segundo tempoApesar de manter o jogo equilibrado no começo da etapa inicial, o Flamengo viu o Bangu, aos poucos, crescer no jogo. O que fez inclusive o técnico Muricy Ramalho dar uma enorme bronca em seus jogadores durante a parada técnica. Mas não adiantou. Aproveitando algumas falhas do Flamengo, o Bangu passou a assustar e ficou perto de empatar a partida, no momento em que o Volta Redonda já havia empatado com o Madureira. Mas aos 36min, depois de um enorme vacilo da defesa do Bangu, o Flamengo ampliou e tranquilizou a torcida, que ameaçava algumas vaias ao time. Após cruzamento de Cirino, Anderson Penna se complicou dentro da área, o peruano se aproveitou e finalizou forte, rasteiro, para fazer 2 a 0. Ainda houve tempo para o lateral Jorge aproveitar rebote do goleiro e fechar a conta, já nos acréscimos.

DESTAQUES

  • Pode isso?Não foi a tarde de Almir, ex-jogador de Botafogo e Flamengo e hoje no Bangu. Além de machucar o joelho em um choque com Juan e precisar deixar a partida, a maca do estádio quebrou com ele em cima. Outra maca, da ambulância, foi necessária para fazer o transporte do jogador, que seguiu para o hospital para fazer exames.
  • Mais um!Foi o sétimo gol de Marcelo Cirino no Campeonato Carioca. Artilheiro do time na competição, ele marcou pelo quarto jogo consecutivo.

O MELHOR

  • Marcelo CirinoNão fez uma grande atuação, mas foi decisivo. Marcou um belo gol, o primeiro da partida, e cruzou para o segundo.

O PIOR

  • Anderson PennaFalhou feio no segundo gol do Flamengo. Atrapalhou-se dentro da área e praticamente 'deu o gol' a Paolo Guerrero.

UOL Cursos Online

Todos os cursos