Flamengo perde Juan para semi, e presidente se irrita: "nem falta foi"

Do UOL, em São Paulo

O Flamengo perdeu um de seus principais jogadores para a semifinal do Campeonato Carioca. O experiente Juan recebeu cartão amarelo (o terceiro) ainda no primeiro tempo da vitória de 3 a 0 sobre o Bangu, neste domingo, e terá de cumprir suspensão diante do Vasco.

Em entrevista concedida após a partida, o presidente Eduardo Bandeira de Mello expressou sua revolta com o cartão dado ao zagueiro após um choque com o meia Almir, que inclusive precisou deixar o gramado com uma contusão no joelho.

"Lamentável, acho injusto. Parece que na jogada nem falta foi. Confirmei inclusive com dirigentes e pessoal da comissão técnica do próprio Bangu. Mas ficar fora exatamente da semifinal. Estava pendurado e leva cartão no início do primeiro tempo. Fazer o quê?", disse.

Outro assunto abordado pelo presidente foi o local do jogo da semifinal, que acontece no próximo fim de semana – ainda sem data definida pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). Ele indicou que o Flamengo espera campo neutro para o confronto.

"Não sabemos ainda onde vamos jogar. O regulamento é omisso e eu imagino que seja num lugar de comum acordo entre as duas partes e não acho difícil de conseguir esse comum acordo. Por isso acho difícil [jogar em São Januário]. Se é de comum acordo acho difícil que seja proposto um estádio que não seja neutro. A gente vai achar um lugar legal para jogar", completou.

Antes do Carioca, porém, o Flamengo volta as atenções para o Copa do Brasil. Depois de perder o jogo de ida por 1 a 0, em Aracaju (SE), o time tenta reverter a vantagem do Confiança em jogo que acontece nesta quarta-feira, no Raulino de Oliveira, às 21h45 (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos