Desembarque do Fla tem chutes em ônibus e até tiro de bala de borracha

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Flamengo não teve um retorno tranquilo para o Rio de Janeiro após ser eliminado pelo Vasco na semifinal do Campeonato Carioca, em partida disputada em Manaus. Cerca de 80 torcedores foram até o Aeroporto Internacional do Galeão para cobrar os jogadores. A segurança do clube, porém, conseguiu driblar os manifestantes e fez com que a delegação saísse por uma porta alternativa.

Ao perceberem o drible, os torcedores se revoltaram e correram atrás do ônibus. Socos e pontapés foram desferidos no veículo. Em seguida, os rubro-negros cercaram os seguranças do clube para reclamar da atitude e um tiro de bala de borracha foi dado para o alto para conter os ânimos, bastante exaltados neste momento.

Pelo menos três grupos de organizadas diferentes estiveram no aeroporto na Ilha do Governador até 0h30, quando os jogadores do Flamengo conseguiram deixar o local. A insatisfação com o time está alta após mais uma derrota para o Vasco. Já são nove jogos de invencibilidade do Cruzmaltino sobre o Rubro-negro.

Além disso, o Flamengo, que tanto lutou pela realização da Primeira Liga, acabou eliminado precocemente para o Atlético-PR. São duas eliminações no intervalo de um mês. Agora, o Rubro-negro tem o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil pela frente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos