TJD e Ferj criticam Fla por entrada polêmica em campo. Vasco alfineta

Bernardo Gentile, Bruno Braz e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio (TJD-RJ) e a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) criticaram a polêmica entrada em campo do Flamengo no clássico com o Vasco no último domingo na Arena Amazônia, em Manaus. Os órgãos, porém, livraram o Rubro-Negro de punição. Já o Cruzmaltino usou as redes sociais para alfinetar o rival.

No episódio, o Flamengo não cumpriu o protocolo de entrar em campo ao mesmo tempo que o adversário. O capitão Wallace puxou a fila de jogadores e fincou uma bandeira do clube no centro do gramado. A atitude fez com que o time deixasse para trás as crianças rubro-negras que esperavam o elenco, e foi justamente neste ponto que o Vasco provocou:

Ao UOL Esporte, a Ferj destacou que "o protocolo é realizado de maneira não oficial. Apenas houve desrespeito ao público, profissionais envolvidos, clube adversário da partida e, principalmente, às crianças".

Presidente do TJD, José Teixeira Fernandes não enxergou nenhum tipo de infração que motive uma punição ao clube da Gávea.

"Te confesso que eu não reparei nada demais, não. Não vi nada que fosse pertinente para uma manifestação de denúncia. Porém, a Procuradoria (do TJD) é autônoma. Ela que vai decidir pela denúncia ou não. Ela tem que se manifestar. Eu não sou a pessoa indicada. O indicado é a procuradoria", disse.

Procurador do TJD, André Valentim seguiu a mesma linha de interpretação do presidente do órgão, mas preferiu aguardar a súmula da partida, indicando que a situação poderia mudar caso a arbitragem colocasse alguma observação pertinente.

"Se houve acordo com o árbitro ou delegado da partida quanto a entrada junto com as crianças, vai sair alguma coisa (punição).  Mas o regulamento geral não prevê nada disso. Não existe. Mas se descumpriu um acordo prévio, aí sim", explicou, para depois criticar a postura dos rubro-negros: "Foi uma grosseria o que fizeram ao deixar as crianças esperando, mas não cabe qualquer punição por não haver uma regra sobre isso. Porém, vamos esperar para ver a súmula do árbitro".

No início da noite desta segunda-feira, a Ferj divulgou a súmula da partida e o árbitro Leonardo Garcia Cavaleiro não citou o episódio, destacando somente um atraso de dois minutos na volta do Vasco ao segundo tempo e a invasão de um torcedor de camisa amarela em campo (veja na imagem abaixo). Portanto, baseado nos argumentos das autoridades do TJD-RJ, o Flamengo não sofrerá qualquer tipo de punição por sua entrada no gramado da Arena Amazônia. 

Reprodução/Internet
Súmula de Fla x Vasco não consta episódio da entrada em campo dos rubro-negros

CEO do Flamengo, Fred Luz aprovou a atitude dos jogadores na entrada em campo:

"Achei muito bacana. Vocês (jornalistas) não gostaram? Acho que o futebol precisa disso. Foi uma ideia dos jogadores para empolgar a torcida. Não vi problema com as crianças. Elas entraram depois".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos