Autor do gol do Vasco defende goleiro do Bota: "Jefferson não falhou"

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Site oficial do Vasco

    Jorge Henrique sobe mais alto que Jefferson para marcar o gol do Vasco

    Jorge Henrique sobe mais alto que Jefferson para marcar o gol do Vasco

Embora o próprio Jefferson tenha admitido o erro e pedido desculpas à torcida nas redes sociais, o atacante do Vasco Jorge Henrique, autor do gol da vitória cruzmaltina, saiu em defesa do goleiro do Botafogo.

De acordo com o camisa 11, o arqueiro não falhou no lance em que, após cruzamento de Nenê, ele se antecipou e desviou de cabeça, mesmo com apenas 1,69m.

"Acho que ele não falhou. Ele tentou sair na jogada e não chegou a tempo", defendeu.

Na avaliação de Jorge Henrique, há méritos também para quem construiu a jogada.

"Tem o mérito do Nenê, que tirou dois marcadores na linha de fundo. Tem o meu mérito de ter me antecipado...", disse.

Segundo o atacante, o gol do Vasco se deu também muito por conta do entrosamento da equipe que já atua junta desde o ano passado.

"Na hora que ele cruzou, a bola subiu e desceu rápido. Eu percebi que ia cair no primeiro pau e procurei antecipar. A questão é observar seu companheiro. Facilita bastante saber onde o jogador vai cruzar", declarou Jorge Henrique, que revelou ter feito somente uns cinco gols de cabeça na carreira.

Vasco e Botafogo voltam a se enfrentar neste domingo, às 16h, no Maracanã. Por ter vencido o primeiro jogo por 1 a 0, o Cruzmaltino tem a vantagem do empate para ficar com o título carioca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos