Fla revê ex-rubro-negros e já estreia pressionado no Campeonato Carioca

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Alexandre Vidal/Fla Imagem

    O técnico Joel Santana durante a última passagem pelo Flamengo na temporada de 2012

    O técnico Joel Santana durante a última passagem pelo Flamengo na temporada de 2012

O Flamengo estreia neste sábado (28) no Campeonato Carioca bem longe de casa. O Rubro-negro é o mandante, mas o jogo contra o Boavista, às 19h30 (de Brasília), será realizado em Natal por conta da indefinição sobre o Maracanã e em razão das obras na Arena da Ilha. O time da Gávea terá pela frente alguns nomes conhecidos e já entra pressionado devido aos acontecimentos recentes.

As derrotas para Vila Nova e Serra Macaense na pré-temporada, mesmo se tratando de amistoso e jogo-treino em início de trabalho, não foram bem digeridas pelos torcedores. Além disso, a diretoria vendeu o lateral Jorge ao Monaco-FRA em uma decisão que dividiu opiniões e abriu uma série de debates acalorados nas redes sociais.

Os fatos relacionados ao campo e bola ainda ganharam um contorno indesejável. A prisão do ex-vice de futebol Flávio Godinho na Operação Eficiência, segunda fase da Calicute, braço da Lava Jato, abalou a diretoria rubro-negra. Embora tenha sido afastado do cargo, assumido de forma acumulativa pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello, Godinho era bastante presente no dia a dia do departamento de futebol e responsável direito pela montagem do elenco ao lado do diretor executivo Rodrigo Caetano.

"São problemas particulares. Não temos direito de fazer nenhum tipo de comentário. Conosco, o Godinho sempre foi uma pessoa de muita presença e participação. Vamos esperar o desdobramento e espero que não interfira no planejamento de nenhuma forma", afirmou o técnico Zé Ricardo.

Além de resolver os problemas, o Flamengo enfrenta um Boavista recheado de conhecidos. O time da Região dos Lagos é comandado pelo técnico Joel Santana e conta ainda com o goleiro Felipe, os zagueiros Anderson Luiz, Gustavo Geladeira e Renato Silva, além dos meias Erick Flores e Fellype Gabriel. O elenco faz da equipe de Saquarema a principal força entre os considerados pequenos.

"O Boavista, tirando as quatro equipes grandes, é talvez a equipe com o maior peso pelos nomes que lá estão. Além do Professor Joel Santana, um super vencedor na função de treinador, tem uma comissão técnica extremamente experiente, preparador físico e inúmeros atletas com passagens por grandes clubes. Sabemos que colocarão o Flamengo em uma condição difícil", disse Zé Ricardo.

"Teremos que jogar muita bola para derrotá-los. Se não me engano, são dois anos que o Flamengo joga com o Boavista e tem dificuldades. E ainda se trata do início de uma temporada, quando tudo é um pouco mais delicado", encerrou o comandante.

FLAMENGO X BOAVISTA

Data/hora: 28/01/2017, às 19h30 (de Brasília)
Local: Arena das Dunas, em Natal (RN)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro
Auxiliares: Jackson Lourenço Massara dos Santos e Diego Luiz Couto Barcelos

Flamengo
Alex Muralha; Pará, Réver Rafael Vaz e Miguel Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão, Diego, Mancuello e Everton; Guerrero
Técnico: Zé Ricardo

Boavista
Felipe; Maicon, Renato Silva, Antônio Carlos e Pedro Botelho; Douglas Pedroso, Júlio César, Erick Flores e Fellype Gabriel; Mateus Paraná e Thiago Amaral
Técnico: Joel Santana

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos