Flu supera gramado encharcado, vence e fica perto da semi da Taça Guanabara

Do UOL, em São Paulo

Mesmo em um campo encharcado por causa das fortes chuvas que caíram na região de Xerém, no Rio, o Fluminense conseguiu derrotar a Portuguesa neste domingo (5), por 3 a 0, pela terceira rodada do grupo C da Taça Guanabara, e ficou muito próximo da classificação para a semifinal da competição.

Com 100% de aproveitamento, o time treinado pelo técnico Abel Braga tem nove pontos e lidera a chave com três pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o Vasco, que também neste domingo bateu o Resende, por 2 a 1, em São Januário. Já a Portuguesa ocupa a quarta colocação, com dois pontos.

Henrique Dourado, Léo e Gustavo Scarpa marcaram os gols para os visitantes.

Na quarta rodada da Taça Guanabara, que acontece no próximo fim de semana, o Fluminense recebe o Bangu, enquanto a Portuguesa encara o Resende, também como mandante.

Facebook/Fluminense
Estado do gramado do estádio de Los Larios antes de jogo entre Flu e Portuguesa
"Piscina"

O gramado do estádio de Los Larios, em Xerém, mais parecia uma piscina momentos antes do início da partida, às 19h30 (de Brasília). Por isso, o árbitro do duelo, Pathrice Wallace Correa Maia, decidiu adiar o começo do jogo em 30 minutos. Funcionários da Portuguesa usavam baldes e rodos para tentar acabar com as poças de água.

Depois do período de espera, Maia viu uma melhora no campo e resolveu dar início ao duelo, o que não agradou a Abel Braga. "Não tem condições. É perigoso. Vai ser só chutão para frente", disse o treinador em entrevista para o canal SporTV.

Só por um lado do campo

A chuva deu uma trégua, mas era difícil armar uma boa jogada em alguns locais do campo por causa das poças de água, sobretudo em um dos lados do gramado. Por isso, no primeiro tempo, o Fluminense concentrava as suas ações pelo lado esquerdo, enquanto a Portuguesa, pelo direito. Alguns jogadores escorregavam muito, como Henrique Dourado.

"Eu estou usando travas mistas, de alumínio e borracha. Mas, mesmo assim, está difícil parar em pé. Eu escorreguei duas vezes já", disse Dourado na saída do gramado após o fim do primeiro tempo.

O primeiro gol

Com muitas dificuldades, os dois times criaram pouco no primeiro tempo. E o Fluminense, quando conseguiu uma boa jogada, não desperdiçou. Aos 32 minutos, Lucas colocou a bola na área, Douglas cabeceou para o meio e Dourado, sozinho, teve tempo para dominar e mandar para as redes.

Mailson Santana/Fluminense FC.
Jogadores do Fluminense comemoram um gol contra a Portuguesa
Garoto de Xerém

O estádio de Los Larios está a poucos quilômetros do CT das categorias de base do Fluminense. Foi dali que saiu o lateral esquerdo Léo. E este domingo foi muito especial para ele. Aos 12 minutos do segundo tempo, o jovem jogador aproveitou um belo passe de calcanhar de Wellington Silva e chutou forte para marcar o seu primeiro gol com a camisa do clube. Até chorou na hora de comemorar.

A vez de Scarpa

Mesmo com a dificuldade do gramado pesado, Scarpa conseguiu fazer um belo gol aos 42 minutos. O jogador arrancou, passou pela defesa do adversário e bateu cruzado para decretar o triunfo do time tricolor.

Sem Cavalieri

O Fluminense não pôde contar com o goleiro Diego Cavalieri neste domingo. O jogador, que se recupera de um entorse no tornozelo direito, foi substituído por Júlio César. O atleta foi pouco exigido na partida, mas correspondeu bem quando chamado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos