Abel critica final sem Maracanã e corneta amizade entre Fla e Flu

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Divulgação/Flickr/Fluminense

O técnico do Fluminense se pronunciou nesta sexta-feira sobre a polêmica decisão da Taça Guanabara contra o Flamengo. Abel Braga criticou o fato de o duelo não ser disputado no Maracanã, onde, por regulamento, deveria ocorrer. O treinador foi além e criticou a parceria entre Rubro-negro e Tricolor, deixando nas entrelinhas a insatisfação.

"Como pode o Fla x Flu não ser no Maracanã e o Flamengo jogar no lá quatro dias depois? Quem que não deixou [jogar no Maracanã]? Dá para me dizer? O laudo sai hoje para jogar quarta, mas não para domingo? Estranho. O Fluminense tá ficando parceiro de muita gente", disse o treinador em coletiva de imprensa.

Abel Braga ainda comentou a decisão da Ministério Público do Rio de pedir torcida única após os seguidos episódios de violência entre torcedores. O treinador lamenta a situação atual, mas concorda com a Justiça de que algo deve mudar para acabar com o panorama.

"Seria diferente se fosse com portões fechados. A gente lutou tanto para chegar a um momento desses, não compactuo com essa ideia de não ter torcida. Se falou muito disso e se esqueceu dos atletas, os personagens. Não sou contra também a liminar que foi derrubada. É uma decisão educativa. Tem um torcedor do Fluminense hospitalizado até hoje. Outro morreu com um espeto", afirmou.

O Fluminense venceu o sorteio de mando de campo e teria direito a jogar somente com tricolores no estádio por conta da liminar que impedia clássico com duas torcidas em clássicos. O clube das Laranjeiras, porém, se recusou a entrar em campo dessa maneira. A ideia era jogar com portões fechados se a liminar não caísse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos