Henrique diz que viagem de 500 km de ônibus ajudou o Flu: "o grupo se uniu"

Do UOL, em São Paulo

Autor de um dos gols do Fluminense contra o Flamengo na final da Taça Guanabara neste domingo (05), Henrique contou que um fator que normalmente atrapalharia o elenco acabou ajudando na preparação psicológica para a final do torneio contra o rival: a viagem de 500 km a Cuiabá para partida da Copa do Brasil após cancelamento de voo. 

"No desembarque quando chegamos no Rio demos uma declaração de que os 500 km de viagem foram determinantes para nós. A equipe se uniu bastante, nos aproximamos muito, não ficamos lamentando de ter que viajar de ônibus. Colocamos tudo na ponta da chuteira ontem (domingo) e está aí o Flu", comentou Henrique em entrevista à ESPN Brasil, se referindo à conquista do título do primeiro turno do Estadual.

O jogador ainda falou de seu atual momento no Fluminense. "Eu sou um jogador que não me contento com críticas. Até quando estou fazendo gols quero melhorar e esse é o diferencial. A cobrança é ate maior de mim mesmo e isso me fez melhorar. Eu falei que esse ano de 2017 seria diferente. A pré-temporada desde o início ajudou muito", analisou. 

Henrique também elogiou o técnico Abel Braga. "Quando tomamos o gol ficamos chateados, mas confiança estava muito grande e fomos para cobrança (pênaltis) e todos estavam muito focados. O Abel passou muita tranquilidade e quem entrou no meio do jogo foi muito feliz também", explicou. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos