Como Pimpão saiu do ostracismo no Vasco para virar peça-chave no Botafogo

Bernardo Gentile e Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Satiro Sodré / SS Press / Botafogo

Vasco e Botafogo se enfrentam neste domingo, às 18h30, no Estádio Nilton Santos (Engenhão). A partida, válida pela segunda rodada da Taça Rio, marcará o reencontro de Rodrigo Pimpão com o Cruzmaltino. 

Revelado pelo Paraná, Rodrigo Pimpão ficou conhecido nacionalmente após ser contratado pelo Vasco. Veloz, ele virou xodó dos torcedores durante a Série B do Campeonato Brasileiro. A lua de mel, porém, durou pouco tempo. Tanto que o atacante passou a ser emprestado para várias equipes (Paraná, Cerezo Osaka-JAP, Omiya Ardija-JAP, Ponte Preta e América-MG) até o vínculo com o clube de São Januário acabar em dois anos.

Após deixar o Vasco, ele passou a rodar por vários clubes até chegar ao América-RN, no qual foi decisivo na eliminação do Fluminense na Copa do Brasil de 2014. Foi nesse momento que o Botafogo passou a se interessar por Rodrigo Pimpão, que chegou ao novo clube no ano seguinte.

Foi uma passagem curta. Somente 25 jogos e nove gols. O sucesso, porém, foi intenso. Tanto que um dos destaques da Série B do Brasileiro foi rapidamente vendido para os Emirados Árabes.

De volta ao Botafogo, em 2016, passou a maioria da temporada no banco de reservas. Ali percebeu que precisava de um diferencial. Passou a estudar o jogo e virou um jogador tático. Caiu nas graças do técnico Jair Ventura e assumiu a titularidade na reta final do Brasileirão.

Em 2017, Pimpão ficou ainda melhor. Além de cumprir a parte tática e fechar o meio de campo, passou a ser decisivo. Virou peça-chave do Alvinegro na Libertadores, onde foi o herói da classificação sobre o Colo-Colo-CHI e da vitória sobre os Estudiantes-ARG. No ano, ele marcou três gols até agora. Neste domingo, Pimpão reencontrará o Vasco, onde teve bons momentos e que também viveu o outro lado da moeda.

VASCO X BOTAFOGO

Data e hora: 19/03/2017, domingo, às 18h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)
Arbitragem: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Auxiliares: Diogo Carvalho Silva e Carlos Henrique Alves de Lima Filho

VASCO: Martin Silva; Gilberto, Jomar, Rafael Marques e Henrique; Jean, Douglas, Escudeiro e Nenê; Muriqui e Luis Fabiano. Técnico: Valdir Bigode (interino)

BOTAFOGO: Gatito; Fernandes, Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Airton, Bruno Silva, Camilo e Rodrigo Pimpão; Montillo e Roger. Técnico: Jair Ventura

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos